Tagged Marcelo Jácome

Num diálogo entre paisagem e obra, esculturas gigantescas ocupam a Marina da Glória

(Rio de Janeiro, RJ) O próximo sábado promete. À tarde, no MAM-Rio, acontece o anúncio do vencedor do Prêmio PIPA 2017 e o lançamento do catálogo da oitava edição do Prêmio. A menos de 15 minutos a pé do museu, na Marina da Glória, começa mais uma edição do “Marina Monumental”, reunindo esculturas de grandes dimensões.

“Madureira POP”, individual de Marcelo Jácome, explora a cor em série de colagens

(Rio de Janeiro, RJ) Cores vibrantes e padrões semelhantes aos de azulejos compõem “Madureira Pop”, individual que Marcelo Jácome inaugura no Martha Pagy Escritório de Arte. A série estabelece um diálogo entre arte e rua através do uso de elementos urbanos: “Essa série de trabalhos ressurge de uma época em que a rua foi meu ateliê”, explica o artista.

Mais de 100 artistas participam de exposição em ponto histórico paulista

(São Paulo, SP) Uma “invasão criativa”, assim o curador Marc Pottier define a mostra “Made by…Feito por Brasileiros”. Ocupando o Hospital Matarazzo, uma área de 27 mil metros quadrados a poucas quadras da avenida Paulista, a exposição apresenta obras de mais de 100 artistas brasileiros e estrangeiros. Ainda ostentando as marcas do tempo e do abandono, os prédios antigos são ocupados pela energia irreverente da arte contemporânea. A maioria das obras que integram essa mega exposição foi concebida pelos artistas especificamente para o lugar e tem a efêmera existência de 35 dias. Importantes nomes da cena contemporânea mundial, como Adel Abdessemed, Moataz Nasr e Jean Michel Othoniel, estão ao lado de consagrados nomes da arte contemporânea brasileira, como Tunga, Henrique Oliveira, Carlito Carvalhosa, Iran do Espírito Santo, Nuno Ramos e Vik Muniz.

Vídeos exclusivos publicados esta semana: Daniel de Paula, Laura Vinci e Marcelo Jácome

Esta semana publicamos mais três entrevistas exclusivas, gravadas com artistas indicados ao PIPA 2014.
Na primeira delas, Daniel de Paula, que já quis ser jogador de futebol e chegou a estudar nos EUA com uma bolsa para atletas, fala de alguns trabalhos recentes, mostra o seu ambiente de trabalho (que divide com outros artistas) e comenta sobre algumas das principais carências que observa no meio de arte contemporânea brasileira.
A segunda entrevistada é Laura Vinci, que conta que trabalha tanto solitária quanto coletivamente: “O trabalho no ateliê é muito solitário. Eu não gosto de dividir com ninguém, eu gosto de ficar sozinha, porque é o momento onde eu to pensando, organizando as idéias. Depois a forma de trabalhar fica totalmente coletiva, porque eu dependo demais de pessoas de varias áreas.”
Já Marcelo Jácome fala da pesquisa de materiais, papeis, colagens e cores que resultou em um trabalho que faz com pipas: “a pipa entra muito mais como uma solução plástica pro que eu queria, do que efetivamente um elemento poético, que eu vou falar sobre pipa” e conta que no dia-a-dia, se não está no ateliê, está caminhando.

Entrevista com Marcelo Jácome | Artista indicado ao PIPA 2014

Nesta entrevista, Marcelo Jácome recebe a pergunta da crítica e curadora Renata Azambuja: “A sua forma de trabalhar é solitária ou envolve o coletivo?”
E responde: “Na hora que eu estou pensando no trabalho, ele acontece de uma forma mais ‘na minha’, solitária mesmo. Na hora que o meu trabalho vai pro mundo, está sendo exposto, ele requer um esforço coletivo para que o negocio seja efetivado, montado.”
O artista fala da pesquisa de materiais, papeis, colagens e cores que resultou em um trabalho que faz com pipas: “a pipa entra muito mais como uma solução plástica pro que eu queria, do que efetivamente um elemento poético, que eu vou falar sobre pipa” e conta que no dia-a-dia, se não está no ateliê está andando.
Assista à entrevista.

“A questão do espaço na arte”, com Marcelo Jácome

(Rio de Janeiro, RJ) Últimos dias para conferir a exposição coletiva que tem ocupado diversas áreas do Parque Lage com instalações, pinturas, fotografias e intervenções. Como parte do curso Projeto de Pesquisa, coordenado por Gloria Ferreira e Luiz Ernesto, artistas como Marcelo Jácome, Nanna Pôssa, Evandro Machado e Solange Venturi criaram obras que dialogam com o tema do espaço no contexto atual, sua profusão e múltiplas interações com a produção estética.

Marcelo Jácome entre os artistas participantes de “A questão do espaço na arte”

(Rio de Janeiro, RJ) A mostra expressa a variedade de técnicas e suportes escolhidos pelos artistas: AoLeo, por exemplo, faz a intervenção “Plano vazado”; Carolina Martinez apresenta trabalho em tinta acrílica sobre madeira e a instalação “Rotação”; Evandro Machado trabalha com iluminação, enquanto Marcelo Jácome criou ua teia de fitas, linhas de algodão e lã para a instalação “Seções espaço-temporais”.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA