Tagged Luciano Zanette

0

Museu Oscar Niemeyer recebe exposição sobre o Salão Paranaense

(Curitiba, PR) Criado em 1944 por um grupo de artistas e intelectuais, o Salão Paranaense ganhou uma retrospectiva no Museu Oscar Niemeyer. Intitulada “Salão Paranaense, Memória e Momento”, a mostra apresenta um recorte da arte contemporânea produzida no Brasil nos últimos 70 anos e inclui diversos artistas já indicados ao Prêmio PIPA, como Beto Shwafaty, Luciano Zanette, Rodrigo Braga, Tony Camargo e Túlio Pinto.

0

Luciano Zanette participa da coletiva “detalhe, desenho”

(Porto Alegre, RS) Indicado à segunda edição do Prêmio PIPA, Luciano Zanette inaugurou, no sábado passado, 13 de maio, a coletiva “detalhe, desenho”, que divide com Amélia Brandeli e Marcos Fioravante. Curada por Eduardo Veras, a exposição nasceu de “afinidades estéticas, admirações recíprocas e o desejo fraterno de trabalhar juntos” dos três artistas, e está aberta à visitação até o início de agosto.

0

“Diana Vegana” explora questões ambientais e sociais

(São Paulo, SP) A proposição “Diana Vegana” de Luciano Zanette elaborada para o projeto Intervalo Contemporâneo da Fundação Ema Klabin Casa Museu, foi pensada pelo artista a partir da identificação da colecionadora com a figura mitológica de Diana; referida em duas obras do acervo da Fundação, uma delas o retrato de Ema Gordon Klabin.

0

Em cartaz | “Objetos/Oblíquos”, individual de Luciano Zanette

(Osasco, SP) “Para além das camadas e leituras políticas do trabalho recente de Zanette, dessas estruturas frias norteadas pelo que parecem linhas de força matemáticas e impessoais, parece sempre se desprender uma certa melancolia. De fato, as estruturas parecem suspensas em um estado de desequilíbrio, sem nenhum resquício de individualidade e na constante iminência da queda do conjunto.”

0

Luciano Zanette apresenta esculturas na individual “Objetos/Oblíquos”

(Osasco, SP) As esculturas apresentadas são propostas pelo artista como referências às tipologias do mobiliário cotidiano, atravessadas conceitualmente por questões indicativas de modos de uso e eficiência, hábitos culturais brasileiros, ações de descanso e trabalho, relações e confrontamentos, assim como interdições da aparente funcionalidade usual dos objetos projetados para o uso corporal.

Hoje à noite | Leilão às cegas “Art Surpraise” reúne obras doadas por mais de 80 artistas

(São Paulo, SP) Carla Zaccagnini, Celina Portella, Daniel Steegmann Mangrané, Estela Sokol, João Loureiro, Luciano Zanette, Luiz Roque, Marcelo Amorim, Marco Antonio Portela, Patricia Osses, Pedro Varela, Raquel Stolf, Runo Lagomarsino, Vanderlei Lopes e Wagner Malta Tavares são alguns dos artistas com obras doadas presentes no leilão “Art Surpraise”, em comemoração dos onze anos de atividade de espaço paulista. É uma oportunidade para levar para casa obras de artistas renomados ou apostar em novos nomes pela qualidade e pelo gosto.

Leilão às cegas “Art Surpraise” reúne obras doadas por mais de 80 artistas

(São Paulo, SP) Carla Zaccagnini, Celina Portella, Daniel Steegmann Mangrané, Estela Sokol, João Loureiro, Luciano Zanette, Luiz Roque, Marcelo Amorim, Marco Antonio Portela, Patricia Osses, Pedro Varela, Raquel Stolf, Runo Lagomarsino, Vanderlei Lopes e Wagner Malta Tavares são alguns dos artistas com obras doadas presentes no leilão “Art Surpraise”, em comemoração dos onze anos de atividade de espaço paulista. O evento que acontece somente este sábado (dia 6) é uma oportunidade para levar para casa obras de artistas renomados ou apostar em novos nomes pela qualidade e pelo gosto.

Últimos dias | “Volúpia Construtiva”, mostra coletiva com Luciano Zanette e Mayana Redin

(Porto Alegre, RS) “Volúpia construtiva” examina como, no mesmo plano, com frequência se combinam vetores que apenas na aparência estariam em oposição. Essa percepção emerge de uma pesquisa junto ao acervo do museu. Não corresponde a um levantamento exaustivo da seção de desenhos dessa coleção, menos ainda equivale a um panorama da produção rio-grandense em torno dessa categoria de trabalhos ou de suas possibilidades expandidas.

Mostra coletiva gaúcha aborda o potencial do desenho

(Porto Alegre, RS) Luciano Zanette e Mayana Redin participam de “Volúpia construtiva – Prazer e Ordenamento em Desenho sobre Papel no Acervo do MACRS”, com mais 30 artistas da coleção do Museu. Segundo o curador Eduardo Veras, “Volúpia construtiva” propõe antes um recorte que sinaliza o convívio – por vezes tensionado – entre a volúpia criativa e o ordenamento construtivo.

Luciano Zanette e Mayana Redin participam de mostra coletiva gaúcha

(Porto Alegre, RS) Segundo o curador Eduardo Veras, “Volúpia Construtiva – Prazer e Ordenamento em Desenho sobre Papel no Acervo do MAC-RS” examina como em desenho, no mesmo plano, com frequência se combinam vetores que apenas na aparência estariam em oposição. Propõe antes um recorte que sinaliza o convívio – por vezes tensionado – entre a volúpia criativa e o ordenamento construtivo.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA