Tagged Iran do Espírito Santo

0

Museu da USP apresenta mais de cem trabalhos de seu acervo

(São Paulo, SP) Os indicados ao Prêmio PIPA Julio Leite, João Loureiro, Luiz Braga, Sandra Cinto, Felipe Cama, Jonathas de Andrade e Vânia Mignone são alguns dos artistas que, recentemente, tiveram suas obras adicionadas ao acervo do Museu de Arte Contemporânea da USP (MAC USP). Celebrando essa incorporação, a instituição organizou “MAC no Século XXI – A Era dos Artistas”, que exibe a partir deste sábado mais de 100 trabalhos de artistas contemporâneos do acervo.

0

A arquitetura de Paulo Mendes da Rocha dialoga com a arte no MuBE

(São Paulo, SP) O Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBE) abre no sábado “Pedra no Céu: Arte e arquitetura de Paulo Mendes da Rocha”. A coletiva busca estabelecer paralelos entre a arte e a obra do arquiteto do MuBE, hoje com 88 anos, reunindo tanto obras de artistas clássicos como Debret, grande referência do arquiteto, quanto de nomes contemporâneos, como os finalistas ao Prêmio PIPA André Komatsu e Daniel Steegmann Mangrané.

0

“Transparência e Reflexo” e a capacidade do olhar

(São Paulo, SP) Nos trabalhos de “Transparência e Reflexo” há sempre um elemento que permanece invisível, inalcançável, mesmo diante de um olhar direto, há algo de impenetrável. As obras em exibição estabelecem uma relação franca e direta com o ar, a atmosfera e o espaço ao redor delas. O invisível se revela e o mundo perde sua concretude.

Mais de 100 artistas participam de exposição em ponto histórico paulista

(São Paulo, SP) Uma “invasão criativa”, assim o curador Marc Pottier define a mostra “Made by…Feito por Brasileiros”. Ocupando o Hospital Matarazzo, uma área de 27 mil metros quadrados a poucas quadras da avenida Paulista, a exposição apresenta obras de mais de 100 artistas brasileiros e estrangeiros. Ainda ostentando as marcas do tempo e do abandono, os prédios antigos são ocupados pela energia irreverente da arte contemporânea. A maioria das obras que integram essa mega exposição foi concebida pelos artistas especificamente para o lugar e tem a efêmera existência de 35 dias. Importantes nomes da cena contemporânea mundial, como Adel Abdessemed, Moataz Nasr e Jean Michel Othoniel, estão ao lado de consagrados nomes da arte contemporânea brasileira, como Tunga, Henrique Oliveira, Carlito Carvalhosa, Iran do Espírito Santo, Nuno Ramos e Vik Muniz.

Últimos dias | “Inventário da Paixão” e “Cor, Luz e Movimento”

(Rio de Janeiro, RJ) Instituído em 2004, o Prêmio homenageia o colecionador Marcantonio Vilaça, falecido em 2000 aos 37 anos, que se empenhou com afinco a lançar e divulgar novos artistas no mercado brasileiro e internacional de arte, tendo doado diversas obras de sua coleção para museus em todo o mundo. Eduardo Coimbra e Wagner Malta Tavares integram a mostra “Cor, luz e movimento”, em homenagem ao pioneiro da arte cinética brasileira Abraham Palatnik. A mostra apresenta uma sala especial com oito trabalhos de Palatnik e 38 obras de 14 artistas que se relacionam com sua poética.

Mostras “Inventário da Paixão” e “Cor, luz e movimento” reúnem dezenas de artistas consagrados

(Rio de Janeiro, RJ) Nesta que é a quinta edição do prêmio, pela primeira vez, trinta trabalhos serão selecionados para uma mostra no Instituto Inhotim, detentor de um dos maiores acervos de arte contemporânea do mundo. As obras serão expostas no parque em abril de 2015 e de lá sairão os cinco vencedores do Prêmio, que receberão uma bolsa de pesquisa de 40 mil reais.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA