Tagged Henrique César

0

“QAP: Tá na escuta” propõe conexão direta entre artistas e público

(São Paulo, SP) A exposição que estreia no Instituto Tomie Ohtake hoje não tem uma obra de arte sequer. É que “QAP: Tá na escuta”, mostra concebida para o Festival Arte Atual deste ano, convida o público a entrar diretamente com o artista, seja via telefone, cartão-postal, ou Internet. Com participação de sete artistas, cuja maioria já foi indicada ao Prêmio PIPA – são eles Aleta Valente, Daniel Jablonski, Henrique Cesar e Ícaro Lira, em duo com Júlia Coelho –, a mostra tem curadoria de Paulo Miyada.

0

“Coletiva” explora técnicas do desenho em obras de 24 artistas

(São Paulo, SP) Com obras de 24 artistas, a mostra “Coletiva” busca relações e convergências entre trabalhos que se baseiam nas técnicas próprias do desenho. Produzidas entre 2008 e 2016, as obras – um conjunto heterogêneo de pinturas, desenhos e esculturas – assumem suportes tão diversos quanto o veludo e o papelão. Ainda no dia da abertura, são lançados os livros-obra “Ressaca tropical”, do finalista do Prêmio PIPA 2011, Jonathas de Andrade, e “{[()]}”, do indicado à primeira edição do Prêmio PIPA Thiago Honório.

“Programa de Exposições” do CCSP apresenta 5 individuais simultâneas

(São Paulo, SP) Ana Mazzei, Bárbara Wagner e Henrique César estão entre os artistas cujas obras foram selecionadas para compor as mostras individuais do programa este ano. O programa privilegia o debate sobre a arte contemporânea ao propor um mapeamento da produção recente com objetivo de abrir espaço a artistas em início de trajetória profissional, confirmar a sua inserção no circuito de artes visuais e divulgar os pensamentos que estão sendo desenvolvidos nas artes visuais atualmente.

Últimos dias | “Arte Pará”, mostra coletiva com Dirnei Prates e Henrique César

(Belém, PA) Os vinte artistas, selecionados pelos jurados Paulo Herkenhoff, Eder Chiodetto, Armando Queiroz e Ernani Chaves, comprometem-se a participar de todo o processo educativo, que inclui seminários e conversas aproximadas com os mediadores e o público. A divulgação dos três primeiros colocados, assim como a premiação, ocorrerá no dia 9 de outubro, data de abertura das exposições.

III Mostra do Programa de Exposições 2014

(São Paulo, SP) Existente há mais de 20 anos, o programa privilegia o debate sobre a arte contemporânea ao propor um mapeamento da produção recente com objetivo de abrir espaço a artistas em início de trajetória profissional, confirmar a sua inserção no circuito de artes visuais e de possibilitar o acesso do público a obras representativas do panorama artístico. Esta edição apresenta obras de Ana Mazzei, Bárbara Wagner e Henrique César, entre outros.

Dirnei Prates e Henrique César participam da mostra “Arte Pará”

(Belém, PA) A banca de jurados, presidida por Paulo Herkenhoff e composta por Eder Chiodetto, Armando Queiroz e Ernani Chaves, escolheu vinte artistas, cobrindo todas as regiões do país. O objetivo era promover um melhor julgamento do conteúdo artístico. Este ano, todas as regiões do Brasil foram mapeadas, à medida que foram colocadas, à disposição do candidato, 17 categorias. As mais disputadas foram Fotografia, Pintura e Desenho. Já os estados de São Paulo, Pará e Rio de Janeiro foram os locais, onde o número de inscritos foi maior.

Abertura | Arte Pará 2014 seleciona artistas Dirnei Prates e Henrique César

(Belém, PA) Após a análise de mais de 660 dossiês enviados para o concurso, a banca de jurados do Arte Pará escolheu 20 artistas de todo o Brasil para a exposição cujos primeiros três colocados serão anunciados hoje. Depois de selecionado, o artista compromete-se a participar de todo o processo educativo, que inclui seminários e conversas aproximadas com os mediadores e o público.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA