Tagged Galeria Silvia Cintra + Box 4

0

Memórias de uma ilha nas pinturas de Maria Klabin

(Rio de Janeiro, RJ) A artista Maria Klabin, indicada ao Prêmio PIPA 2012, apresenta seis pinturas a óleo baseadas em paisagens da Ilha Grande (litoral do RJ) na sua individual na Galeria Silvia Cintra+Box 4. “Entre rio e pedra” começa na próxima quinta, 10 de agosto, e marca a volta da artista aos grandes formatos de tela.

0

Renata Har pela primeira vez no Brasil em exposição individual

(Rio de Janeiro, RJ) A Galeria Silvia Cintra+Box 4 recebe, no sábado, 08 de julho, a mostra individual de Renata Harr, pela primeira vez expondo no Brasil. “Alabastro” – formação natural calcária – é uma instalação composta de mídias variadas que, através de alegorias visuais, reflete a relação do alabastro com sua materialidade geológica e as suas múltiplas interpretações.






0

Amilcar de Castro ganha exposição comemorativa no Rio de Janeiro

(Rio de Janeiro, RJ) Para celebrar os 30 anos de representação no Rio de Janeiro da obra do escultor mineiro Amilcar de Castro, a galeria Silvia Cintra + Box 4 preparou a exposição “Amilcar de Castro”, com alguns trabalhos inéditos e curiosidades do processo criativo deste grande artista brasileiro. A mostra acontece junto a outra homenagem ao artista: durante a Frieze NY, a galeria irá apresentar um grande estande apenas com obras do escultor feitas entre as décadas de 70 e 80.






0

Mostra histórica sobre preto e branco ganha nova edição

(Rio de Janeiro, RJ) Há quinze anos atrás, em 2002, Lygia Pape participava de sua última exposição em vida. A mostra em questão, “Projeto em Preto e Branco”, ganha uma nova edição a partir deste sábado, 18 de março, na Silvia Cinta + Box 4. O tema continua o mesmo: obras em preto, branco, ou preto e branco. Os participantes, no entanto, são outros, constituindo uma lista de quinze artistas dos quais cinco já foram indicados ao Prêmio PIPA, incluindo o vencedor de 2012 Marcius Galan.






0

Últimos dias | “Arquivo escuro”, de Mayana Redin

(Rio de Janeiro, RJ) Acaba na próxima sexta-feira, 23 de dezembro, a exposição “Arquivo Escuro”, de Mayana Redin – e, com ele, o dia em que a instalação que a intitula,”Arquivo escuro”, será transformada em livro. Por enquanto uma projeção em tempo real de um texto de computador escurecido através de uma tecla apertada ininterruptamente, o documento será impresso assim que a mostra acabar, virando um grande, e agora palpável, arquivo escuro.






0

“Caleidoscópio” e a geometrização do mundo

(Rio de Janeiro, RJ) O que interessa à artista é o encontro entre o geométrico, o abstrato, a figuração e a narrativa através de uma forma de pintar que vai criando contradições, tencionando, e desestabilizando o “olhar” para que se possa ter um melhor entendimento do tempo dessa pintura.






0

Pedro Motta desenvolve narrativa entre duas séries de trabalhos na exposição “Sobre Natureza”

(Rio de Janeiro, RJ) O artista propõe novos desmembramentos de sua pesquisa sobre a tênue linha entre elementos naturais e o comportamento humano, seus atritos, convergências e suas relações. Cria-se na mostra uma narrativa de dois tempos e duas histórias distintas, mas com o propósito de convergir e discutir ações oriundas de transformações da natureza, seus limites e suas potencialidades.






O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA