Tagged Fernando Cocchiarale

0

Conheça os membros do Júri de Premiação do Prêmio PIPA 2017

Cento e trinta mil reais. Incluída no montante, uma residência artística de três meses em Nova York. É a este prêmio que os quatro finalistas do PIPA 2017, Antonio Obá, Bárbara Wagner, Carla Guagliardi e Éder Oliveira, concorrem. Mas quem são os responsáveis por escolher o vencedor? Descubra os integrantes do Júri de Premiação 2017 neste post.

0

Esculturas-objeto de vidro em “Fluxo Bruto”, individual de José Bechara no MAM-Rio

(Rio de Janeiro, RJ) “Fluxo Bruto”, individual de José Bechara, artista indicado ao Prêmio PIPA 2010, começa na próxima terça, 25 de julho, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-Rio). Dando continuidade à pesquisa desenvolvida em trabalhos anteriores, o artista apresenta nessa exposição esculturas-objetos em vidro que lidam com questões relacionadas à concretude de formas e estruturas e à inconcretude do espaço.

0

Conheça os artistas participantes do PIPA Online 2017 através de entrevistas exclusivas

Uma das principais metas do Prêmio PIPA é ampliar o conhecimento sobre a arte contemporânea brasileira, aqui e lá fora – e não há maneira melhor de fazer isso do que através de seus próprios artistas. Assim, todo ano, o Prêmio convida todos os artistas da edição a discutir suas motivações, ideias e carreiras em vídeos exclusivos para o site. Confira os vídeos dos participantes desta edição, abordando suas principais inspirações, práticas e trajetórias em vídeos produzidos exclusivamente para o site do PIPA pela Do Rio Filmes.

0

Finalista ao Prêmio PIPA 2016, Gustavo Speridião conversa com Fernando Cocchiarale hoje

(Rio de Janeiro, RJ) Curador do MAM-Rio e membro do Conselho do Prêmio PIPA, Fernando Cocchiarale conversa hoje à noite com Gustavo Speridião na Galeria Mercedes Viegas. O assunto é a exposição “A gente surge da sombra”, individual de Speridião curada por Cocchiarale em cartaz desde o mês passado. Apresentando nove trabalhos inéditos, a exposição reforça a prática do uso de palavras nas obras do artista, finalista ao Prêmio PIPA do ano passado.

0

Primeira edição do “Dynamic Encounters” do ano acontece no Rio

(Rio de Janeiro, RJ) Comemorando bodas de prata em 2017, o “Dynamic Encounters” conduz viagens para os principais museus, galerias, eventos de arte e ateliês dos mais expressivos artistas da cena atual brasileira e internacional. Pois a primeira edição do ano do projeto acontece no Rio de Janeiro, na semana que vem. Com uma programação focada em encontros com sete artistas, incluindo o finalista ao Prêmio PIPA 2011 Eduardo Berliner, a ideia é que as conversas abordem as experiências e processos desses profissionais.

0

Em cartaz | “Em polvorosa, um panorama das coleções do MAM-Rio”

(Rio de Janeiro, RJ) Se os interessados em visitar “Em Polvorosa: um panorama das coleções do MAM-Rio”, em cartaz desde 30 de julho do ano passado no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, ainda têm bastante tempo – a exposição fica em cartaz até 05 de março – , esta é a última semana para visitar as obras da mostra localizadas no “espaço monumental” do museu. Com curadoria de Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes, a coletiva é composta por obras das três coleções do museu (MAM-Rio, Gilberto Chateaubriand e Joaquim Paiva) que, combinadas, produzem diversos panoramas da produção artística brasileira e internacional.

0

André Parente lança moeda “1 irreal” no Rio e em São Paulo

(São Paulo, SP) André Parente lança hoje em São Paulo a moeda “1 irreal”. Discutindo a complexidade das relações entre arte e política no Brasil, a peça é cunhada “Temeritatem” e apresenta, muito literalmente, os dois lados da moeda da crise política brasileira: Cunha/Temer. O evento, que acontece na Galeria Jaqueline Martins, conta ainda com uma conversa do artista com o colecionador e empreendedor Bernardo Faria e o artista e professor Lucas Bambozzi.

0

Jornal O Globo publica nota sobre o vencedor do Prêmio PIPA 2016

O Segundo Caderno do Jornal O Globo publicou hoje, na seção de Artes Visuais, uma nota sobre a premiação do PIPA 2016, que teve como grande ganhador Paulo Nazareth. Na exposição dos finalistas no MAM-Rio, que chegou ontem ao seu fim e também contou com obras de Clara Ianni, Gustavo Speridião e Luiza Baldan, Nazareth apresentou uma instalação sobre o extermínio das populações indígenas e a apropriação capitalista de seus símbolos.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA