Tagged Fernanda Gomes

0

Última semana | “Projeto em Preto e Branco”

(Rio de Janeiro, RJ) Esta é a última semana para conferir “Projeto em Preto e Branco”, reedição da exposição de mesmo nome realizada há quinze anos atrás. Com curadoria de Silvia Cintra, da Silvia Cintra + Box 4, a mostra mantém o tema original – obras em preto, branco, ou preto e branco –, mas muda os participantes, apresentando obras de 15 artistas.

0

Mostra histórica sobre preto e branco ganha nova edição

(Rio de Janeiro, RJ) Há quinze anos atrás, em 2002, Lygia Pape participava de sua última exposição em vida. A mostra em questão, “Projeto em Preto e Branco”, ganha uma nova edição a partir deste sábado, 18 de março, na Silvia Cinta + Box 4. O tema continua o mesmo: obras em preto, branco, ou preto e branco. Os participantes, no entanto, são outros, constituindo uma lista de quinze artistas dos quais cinco já foram indicados ao Prêmio PIPA, incluindo o vencedor de 2012 Marcius Galan.






0

“In Between” relaciona as subversões de 60 anos atrás com a arte contemporânea

(São Paulo, SP) “In Between” é uma exposição que se dispõe a retornar a esses parâmetros primeiros que sinalizam o desejo de equilíbrio na arte – moldura, plano, geometria – para, justamente, a partir daí, propor uma transfiguração desses elementos e assim pensar em categorias que os transcendam, tais como espaço, sujeito, vazio, formas de geometrias mais sensíveis e menos rígidas” explica a curadora Luisa Duarte.






0

“Homo Ludens”, coletiva explora o lúdico

(São Paulo, SP) Inspirada no livro homônimo de Johan Huizinga, a mostra busca destacar o caráter lúdico dos trabalhos apresentados, ao invés das questões posteriores de racionalidade e produção. O lúdico aqui entendido como a expressão do jogo artístico, porém não é que o jogo é distinto e fundamental na produção artística, mas é no jogo e pelo jogo que ela se realiza.






“Empty House – Casa Vazia”, coletiva com participações de Adriano Costa, Erika Verzutti, Marcius Galan e Rodrigo Matheus

(Nova York, EUA) “Empty House – Casa Vazia” é exposição de esculturas que atravessa gerações de artistas brasileiros cujas obras se relacionam ao legado do Neoconcretismo. Desafiando o racionalismo e a objetividade universal da abstração antecedente, os artistas neoconcretos buscaram meios de se expressar que iam além das formas imutáveis do objeto e adotaram uma abordagem de modo a expandir o vocabulário da escultura.






Últimos dias | “Imagine Brazil”, exposição coletiva itinerante

(Lyon, França) Depois de ser exposta em Londres e Oslo, “Imagine Brazil” agora estará em cartaz no Museu de Arte Contemporânea de Lyon por mais uma semana, com trabalhos de 27 artistas contemporâneos brasileiros como Adriano Costa, Cinthia Marcelle, Deyson Gilbert, Gustavo Speridião, Jonathas de Andrade, Marcellvs L., Mayana Redin, Paulo Nazareth, Paulo Nimer Pjota, Rodrigo Matheus, Sara Ramo, Sofia Borges, Thiago Martins de Melo dentre outros.






Exposição itinerante reúne 27 artistas brasileiros jovens e consolidados

(Lyon, França) “Imagine Brazil” já passou por Londres e Oslo, e logo estará no Brasil, na Argentina e no Canadá. Artistas como Thiago Martins de Melo, Paulo Nimer Pjota e Sofia Borges foram convidados a escolher, cada um, um artista que admira, que tem como referência ou que gostariam de prestar homenagem. Assim, nomes como Adriana Varejão, Caetano Veloso e Tunga também integram a coletiva.






“Imagine Brazil” reúne obras de 27 artistas brasileiros na França

(Lyon, França) Em “Imagine Brazil” também há “uma exposição dentro de uma exposição” dedicada aos livros dos artistas, visto que esses empenham um importante e único papel na arte brasileira atual. Essa parte da mostra foi confiada a Jacopo Crivelli Visconti e Ana Luiza Fonseca. Após Oslo e Lyon, “Imagine Brazil” viajará para o Brasil, Argentina e Canadá. Alguns participantes são Jonathas de Andrade, Cinthia Marcelle e Paulo Nazareth.






“Imagine Brazil” | Exposição coletiva itinerante agora em Lyon

(Lyon, França) Adriano Costa, Gustavo Speridião, Mayana Redin e Sara Ramo são alguns dos nomes participantes dessa exposição que já passou por Londres e Oslo. Nela, também há “uma exposição dentro de uma exposição” dedicada aos livros dos artistas, visto que esses empenham um importante e único papel na arte brasileira atual. Essa parte da mostra foi confiada a Jacopo Crivelli Visconti e Ana Luiza Fonseca. Após Oslo e Lyon, “Imagine Brazil” viajará para o Brasil, Argentina e Canadá.






“Imagine Brazil” | Últimos dias

(Oslo, Noruega) Com “Imagine Brazil” os curadores desejam mostrar uma imagem diversificada do que está acontecendo na arte brasileira contemporânea. Quatorze jovens artistas, considerados representativos na cena artística emergente do Brasil, foram selecionados. Para colocar suas expressões artísticas em um contexto histórico, cada um deles escolheu um artista mais velho para acompanhá-los na exposição.






Copyright © Instituto PIPA