Tagged Fabio Baroli

Fabio Baroli_sem título (série Quando a seca entra)_2015_Óleo sobre tela_30x30cm.IMG_3774
0

Últimos dias | “Deitei para repousar e ele mexeu comigo”, individual de Fábio Baroli

(Brasília, DF) “Deitei para repousar e ele mexeu comigo” traz, aproximadamente, 112 obras selecionadas de três conjuntos diversos: obras em coleções, obras recentes e obras em realização especialmente para a exposição. O público poderá mergulhar no universo rico e instigante que salta das telas de Fabio Baroli, onde convivem camadas de tempos e de espaços que se postam lado a lado, como vasos comunicantes.

Fabio Baroli_sem título (série Quando a seca entra)_2015_Óleo sobre tela_30x30cm.IMG_3774
0

Em cartaz | “Deitei para repousar e ele mexeu comigo”, individual de Fábio Baroli

(Brasília, DF) Por fim, será apresentado em primeira mão nesta mostra o trabalho que vem sendo realizado atualmente, além do material feito especialmente para a mostra. A escolha de Brasília se deve ao fato de que a capital federal foi o lugar onde Fabio Baroli começou a trabalhar, efetivamente, com pintura, após a passagem pela universidade, por meio do aprendizado em ateliês e em razão das trocas com amigos artistas, muitos atualmente com projeção nacional.






Joao-Castilho-Hotel-Tropical-vermelho-1160x480
0

Em cartaz | “Vértice”, com obras da coleção de Sérgio Carvalho

(Rio de Janeiro, RJ) “Para cada obra, há uma história”. A máxima de Sérgio Carvalho define bem o espírito da mostra: a apresentação de trabalhos de artistas brasileiros contemporâneos, selecionados por três curadoras de diferentes lugares e gerações, com o objetivo de trazer ao público um panorama da arte contemporânea brasileira, com base no intercâmbio de distintos olhares.






Fabio Baroli_sem título (série Quando a seca entra)_2015_Óleo sobre tela_30x30cm.IMG_3774
0

Fabio Baroli apresenta seleção de 112 obras em “Deitei para repousar e ele mexeu comigo”

(Brasília, DF) A mostra traz, aproximadamente, 112 obras selecionadas de três conjuntos diversos: obras em coleções, obras recentes e obras em realização especialmente para a exposição. O público poderá mergulhar no universo rico e instigante que salta das telas de Fabio Baroli, onde convivem camadas de tempos e de espaços que se postam lado a lado, como vasos comunicantes.






Fabio Baroli_sem título (série Quando a seca entra)_2015_Óleo sobre tela_30x30cm.IMG_3774
0

Em cartaz | “Deitei para repousar e ele mexeu comigo”, individual de Fábio Baroli

(Brasília, DF) Por fim, será apresentado em primeira mão nesta mostra o trabalho que vem sendo realizado atualmente, além do material feito especialmente para a mostra. A escolha de Brasília se deve ao fato de que a capital federal foi o lugar onde Fabio Baroli começou a trabalhar, efetivamente, com pintura, após a passagem pela universidade, por meio do aprendizado em ateliês e em razão das trocas com amigos artistas, muitos atualmente com projeção nacional.






Fabio-Baroli_sem-título-série-Quando-a-seca-entra_2015_Óleo-sobre-tela_30x30cm.IMG_3774-1160x480
0

Em cartaz | “Deitei para repousar e ele mexeu comigo”, individual de Fábio Baroli

(Brasília, DF) “Deitei para repousar e ele mexeu comigo” traz, aproximadamente, 112 obras selecionadas de três conjuntos diversos: obras em coleções, obras recentes e obras em realização especialmente para a exposição. O público poderá mergulhar no universo rico e instigante que salta das telas de Fabio Baroli, onde convivem camadas de tempos e de espaços que se postam lado a lado, como vasos comunicantes.






Copyright © Instituto Investidor Profissional