Tagged Dora Longo Bahia

35º Panorama da Arte Brasileira traz uma leitura crítica da arte e cultura brasileira

(São Paulo, SP) Realizado a cada dois anos no MAM-SP, o “Panorama de Arte Brasileira” chega este ano a sua 35ª edição, trazendo uma leitura do estado atual da arte – e da política – no país. Desta vez, a exposição é organizada pelo curador do Instituto PIPA, Luiz Camillo Osorio, e apresenta obras de 19 artistas, oito deles já indicados ao Prêmio PIPA.

0

“Metrópole” aborda a “experiência paulistana” na Pina Estação

(São Paulo, SP) A diversidade da “experiência paulistana” é tema de “Metrópole”, que estreia na Pina Estação neste sábado. Curada por Tadeu Chiarelli, a mostra reúne obras de 33 artistas paulistanos que vivem ou viveram na cidade, entre eles o vencedor do PIPA Voto Popular Exposição 2010 Marcelo Moscheta, além de outros oito artistas já indicados ao Prêmio.

0

Programação paralela da SP-Arte inclui inaugurações, conversas e até mesmo um show

(São Paulo, SP) Esta semana começa a SP-Arte e, com ela, uma série de eventos paralelos, que vão de visitas guiadas a performances e confraternizações nas galerias da cidade. Entre eles, o preview da individual do vencedor do Prêmio PIPA 2016 Paulo Nazareth na Mendes Woods DM, e o show da banda Cão, da qual participam dois indicados ao Prêmio PIPA, Dora Longo Bahia e Maurício Ianês.

0

Dora Longo Bahia mistura crítica social e ícones do entretenimento em “Cinzas”

(São Paulo, SP) Motivada por “Cidade Linda” – polêmico projeto do atual prefeito de São Paulo, João Doria, que prevê cobrir pichações e grafites da cidade –, a artista Dora Longo Bahia decidiu ela mesma ocultar seis de suas obras com uma camada de tinta cinza-concreto. O resultado pode ser conferido em “Cinzas”, individual da indicada ao Prêmio PIPA 2012 que estreia hoje, 09 de março, na Galeria Vermelho.

0

Novos e antigos olhares sobre a Avenida Paulista em exposição do MASP

(São Paulo, SP) Não só de cartões-postais vive a Avenida Paulista. Símbolo de São Paulo, o endereço carrega consigo as contradições e tensões da própria cidade. Foi pensando nisso que o MASP decidiu organizar “Avenida Paulista”, coletiva que apresenta antigos e novos olhares sobre a avenida centenária. Os antigos correspondem a documentos dos mais diversos, entre fotografias, objetos, cartazes e outros, produzidos de 1891 a 2016; já os novos aparecem através do olhar de 17 artistas contemporâneos – nove deles já indicados ao PIPA –, em projetos comissionados especialmente para a exposição.

0

“Coletiva” explora técnicas do desenho em obras de 24 artistas

(São Paulo, SP) Com obras de 24 artistas, a mostra “Coletiva” busca relações e convergências entre trabalhos que se baseiam nas técnicas próprias do desenho. Produzidas entre 2008 e 2016, as obras – um conjunto heterogêneo de pinturas, desenhos e esculturas – assumem suportes tão diversos quanto o veludo e o papelão. Ainda no dia da abertura, são lançados os livros-obra “Ressaca tropical”, do finalista do Prêmio PIPA 2011, Jonathas de Andrade, e “{[()]}”, do indicado à primeira edição do Prêmio PIPA Thiago Honório.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA