Tagged Clara Ianni

0

Coletiva reflete sobre memória e política partindo das ditaduras da América Latina

(São Paulo, SP) Oito artistas, entre eles a finalista do Prêmio PIPA 2016 Clara Ianni e o indicado ao Prêmio 2016 Jaime Laureano, participam da exposição “Hiatus: a memória da violência ditatorial na América Latina” no Memorial da Resistência de São Paulo. Levantando o debate sobre memória como política – aquilo que se oculta e que se torna público na história são, também, decisões políticas -, a exposição reflete sobre a memória ditatorial da América Latina partindo dos relatórios das Comissões de Verdade.

Com curadoria do filósofo Georges Didi-Huberman, exposição coletiva reflete sobre os levantes sociais

(Pinheiros, SP) A finalista do Prêmio PIPA 2016 Clara Ianni faz parte de uma mostra itinerante que começou na França, já passou por Barcelona e Buenos Aires e agora se instala no Sesc Pinheiros, em São Paulo. “Levantes” começa amanhã, 18 de outubro, e leva a curadoria do filósofo e historiador da arte francês Georges Didi-Huberman. Para a exposição em São Paulo, Huberman propôs ainda a inserção de obras que estejam diretamente relacionadas ao contexto do país, de forma a inserir discursos locais fundamentais para a reflexão sobre as mobilizações sociais.

0

Coletiva reúne 29 artistas para discutir preconceito, violência e justiça

(São Paulo) Começa hoje no Instituto Tomie Ohtake a exposição “OSSO – Exposição-apelo ao amplo direito de defesa de Rafael Braga”. A coletiva reúne trabalhos inéditos ou feitos especialmente para a exposição de 29 artistas que discutem temas como preconceito, violência e racismo. Dos 29 participantes, 13 já foram indicados ao Prêmio PIPA, entre eles o ganhador do Prêmio ano passado Paulo Nazareth e os finalistas de 2010 e 2016 Jonathas de Andrade e Clara Ianni, respectivamente.

0

16 artistas abordam temas urgentes do cotidiano brasileiro em “Travessias 5: Emergência”

(Rio de Janeiro, RJ) O Observatório de Favelas apresenta amanhã a quinta edição do projeto “Travessias”, criado em 2011. Intitulada “Emergência” a mostra ocupa o Galpão Bela Maré e tem participação de 16 artistas contemporâneos. Entre eles, três dos quatro finalistas ao PIPA no ano passado, Clara Ianni, Gustavo Speridião e Paulo Nazareth (grande vencedor da sétima edição), além de muitos outros indicados ao prêmio ao longo de sua história.

0

#DiaInternacionaldaMulher | Conheça 15 artistas contemporâneas brasileiras

Em honra ao Dia Internacional da Mulher, o Prêmio PIPA reuniu em uma galeria obras de 15 artistas mulheres que, de alguma maneira, se destacaram durante a existência do Prêmio, ganhando alguma de suas categorias ou concorrendo como finalistas. Suas práticas e preocupações não poderiam ser mais variadas, assim como os suportes que escolhem. Juntas, contudo, elas provam que lugar de mulher é no museu, no ateliê, na galeria – e onde mais ela quiser.

Exposição Prêmio PIPA 2016

A exposição da sétima edição do Prêmio PIPA aconteceu no MAM-Rio entre os dias 03 de setembro e 13 de novembro e apresentou obras dos quatro artistas finalistas de 2016, Clara Ianni, Gustavo Speridião e Luiza Baldan e Paulo Nazareth. Sobre os finalistas em 2016, Luiz Camillo Osorio afirma: “São quatro artistas com poéticas contundentes, diversificadas e de alta intensidade política. Em um país…

0

Prêmio PIPA 2016: uma retrospectiva da sétima edição do Prêmio

Aqui, escrevemos uma retrospectiva do que aconteceu na sétima edição do Prêmio PIPA. Indicados, finalistas, ganhadores das três categorias do Prêmio e a exposição no MAM-Rio, assim como muitos outros, foram recapitulados. Para aqueles que perderam ainda que alguns momentos do Prêmio durante o ano, esse é o seu lugar; para os que simplesmente foram acometidos pela nostalgia típica do fim do ano, também. E preparem-se: daqui a pouco começa o Prêmio PIPA 2017.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA