Tagged Chico Fernandes

Hoje | Programação de performances e conversa em torno da “Encruzilhada”

(Rio de Janeiro, RJ) As obras apresentadas estão organizadas em torno de seis núcleos que tratam do espaço físico da encruzilhada – onde acontecem as manifestações políticas, o carnaval, o flerte, o movimento de trânsito e a macumba, e também das situações em que se faz imperativa uma decisão. Hoje, uma programação especial de performances acontece durante todo dia. Uma conversa com os participantes da Agência Transitiva, espaço-veículo para ações e estudos não-convencionais em arte, política e história das ideias, também acontece.

Vivian Caccuri promove Caminhada Silenciosa como parte da mostra “Encruzilhada”

(Rio de Janeiro, RJ) Em “Encruzilhada”, as obras estão organizadas em torno de seis núcleos que tratam do espaço físico da encruzilhada – onde acontecem as manifestações políticas, o carnaval, o flerte, o movimento de trânsito e a macumba, e também das situações em que se faz imperativa uma decisão. Durante o período da exposição, haverá uma programação semanal de performances, encontros e conversas, além de alterações na montagem, resultando em novas vivências do público. Amanhã, uma programação nova de performances será realizada durante a exposição.

Hoje | Programação especial de performances na coletiva “Encruzilhada”

(Rio de Janeiro, RJ) As obras apresentadas estão organizadas em torno de seis núcleos que tratam do espaço físico da encruzilhada – onde acontecem as manifestações políticas, o carnaval, o flerte, o movimento de trânsito e a macumba, e também das situações em que se faz imperativa uma decisão. Durante o período da exposição, haverá uma programação semanal de performances, encontros e conversas. Hoje, uma programação especial de performances acontecerá durante a exposição. Saiba mais.

Conversa com curador e performances acontecem durante a semana em “Encruzilhada”

(Rio de Janeiro, RJ) As obras apresentadas estão organizadas em torno de seis núcleos que tratam do espaço físico da encruzilhada – onde acontecem as manifestações políticas, o carnaval, o flerte, o movimento de trânsito e a macumba, e também das situações em que se faz imperativa uma decisão. Durante o período da exposição, haverá uma programação semanal de performances, encontros e conversas. Amanhã, uma programação especial de performances acontecerá durante a exposição e na próxima quarta-feira, 13 de maio, haverá uma conversa entre o curador Bernardo Mosqueira e a diretora da Escola, Lisette Lagnado.

Coletiva “Encruzilhada” reúne 115 trabalhos de 74 artistas

(Rio de Janeiro, RJ) Afonso Tostes, Alexandre Mazza, Ana Mazzei, André Komatsu, Antonio Dias, Armando Queiroz, Berna Reale, Beto Shwafaty, Cao Guimarães e Rivane Neuenschwander, Carla Zaccagnini, Carlos Vergara, Chico Fernandes, Cinthia Marcelle e Tiago Mata Machado, Daniel Steegmann Mangrané, Ivan Grilo, Joana Traub Csekö, Laura Lima, Lenora de Barros, Luiz Braga, Marcos Chaves, Maria Laet, Mauro Restiffe, Milton Marques, Nazareno Rodrigues, OPAVIVARÁ!, Paulo Nazareth, Rafael RG, Raquel Versieux, Regina Parra, Renata Lucas, Rodrigo Braga, Vivian Caccuri e Waltércio Caldas são alguns dos 74 nomes presentes na mostra que é parte do programa Curador Visitante da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

Encerramento do CM² | Filé de Peixe

CM² ARTE CONTEMPORÂNEA é uma coleção de trabalhos de 1cm² adquiridos pelo preço do valor médio do cm² da obra do artista, definido a partir de uma fórmula desenvolvida pelo coletivo que leva em consideração o tamanho das obras produzidas por eles em relação aos valores de mercado praticados por cada um.

CM² | Filé de Peixe

CM² ARTE CONTEMPORÂNEA é uma coleção de trabalhos de 1cm² adquiridos pelo preço do valor médio do cm² da obra do artista, definido a partir de uma fórmula desenvolvida pelo coletivo que leva em consideração o tamanho das obras produzidas por eles em relação aos valores de mercado praticados por cada um.

Coletivo Filé de Peixe em Fortaleza

Após 20 dias visitando ateliês e mapeando a cena artística da cidade, o coletivo apresentará todas as obras da Coleção² acrescida de novas aquisições junto aos artistas locais, alargando a representatividade do trabalho para além do eixo Rio-São Paulo, explicitando um painel de múltiplos valores atribuídos a produção artística contemporânea.
Reunindo gerações, investigações poéticas e realidades mercadológicas distintas, a Coleção² em Fortaleza conta com 76 obras de diversos artistas e está em cartaz até 21 de setembro.

Exposição solo do coletivo Filé de Peixe

Após 20 dias visitando ateliês e mapeando a cena artística da cidade, o coletivo apresentará todas as obras da Coleção² acrescida de novas aquisições junto aos artistas locais, alargando a representatividade do trabalho para além do eixo Rio-São Paulo, explicitando um painel de múltiplos valores atribuídos a produção artística contemporânea.

PIPA Online 2013 começa neste domingo

Nesta categoria do Prêmio é o público que decide, através de votação no site, quem será o artista vencedor. Todos os artistas indicados nesta edição foram convidados a participar, mas a participação na categoria não é obrigatória. Este ano a votação começa com 40 artistas, mas passam ao segundo turno somente os artistas que receberem pelo menos 300 votos até o dia 4 de agosto, quando termina o primeiro turno.
Veja mais informações e saiba como votar.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA