Tagged Cauê Alves

0

A arquitetura de Paulo Mendes da Rocha dialoga com a arte no MuBE

(São Paulo, SP) O Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBE) abre no sábado “Pedra no Céu: Arte e arquitetura de Paulo Mendes da Rocha”. A coletiva busca estabelecer paralelos entre a arte e a obra do arquiteto do MuBE, hoje com 88 anos, reunindo tanto obras de artistas clássicos como Debret, grande referência do arquiteto, quanto de nomes contemporâneos, como os finalistas ao Prêmio PIPA André Komatsu e Daniel Steegmann Mangrané.

0

“Paisagens Invisíveis” constrói cenários inteiros através de sons

(São Paulo, SP) É verdade que a programação do Museu Brasileiro de Escultura, o MuBE, jamais se limitou à arte que inspira o seu nome, indo da pintura à fotografia, do grafite ao cinema. Não deixa de ser curioso, porém, o fato de que sua exposição mais recente não tem um objeto sequer. Apresentando obras de 11 artistas e curada por Cauê Alves e Floriano Romano, a coletiva “Paisagens Invisíveis” é exclusivamente composta de sons.

0

“Transparência e Reflexo” e a capacidade do olhar

(São Paulo, SP) Nos trabalhos de “Transparência e Reflexo” há sempre um elemento que permanece invisível, inalcançável, mesmo diante de um olhar direto, há algo de impenetrável. As obras em exibição estabelecem uma relação franca e direta com o ar, a atmosfera e o espaço ao redor delas. O invisível se revela e o mundo perde sua concretude.

0

De 15 a 19 de fevereiro conheça os artistas nomeados pelo Comitê de Indicação

Os membros do Comitê de Indicação já enviaram os nomes de artistas que eles consideram merecer participar do Prêmio PIPA 2016. A divulgação da lista de indicados acontecerá logo após o carnaval, de 15 a 19 de fevereiro. São 30 indicadores, entre brasileiros de todas as regiões do Brasil e estrangeiros. Alguns deles já participaram em outras edições do Prêmio, e já concederam entrevista, gravadas em vídeo pela Matrioska Filmes. Assista aos vídeos e conheça alguns membros do Comitê de Indicação 2016.

Comitê de Indicação 2016

Este ano o Comitê de Indicação é formado por 30 membros, convidados pelo Conselho do PIPA, entre brasileiros de todas as regiões do Brasil e estrangeiros. Renomados profissionais, que atuam com arte contemporânea, tais como artistas consagrados, colecionadores, curadores, professores, críticos e galeristas, sendo que estes últimos não podem indicar artistas que sejam representados comercialmente…

0

Conheça o vencedor do PIPA 2015 | Assista ao anúncio

Veja quem é o vencedor do PIPA 2015 e saiba mais sobre a mostra dos finalistas – Cristiano Lenhardt, Leticia Ramos, Marina Rheingantz e Virginia de Medeiros – que está em cartaz somente até este final de semana, no MAM-Rio. Escolhido pelo Júri de Premiação, o vencedor do PIPA 2015 recebe R$130 mil – estando incluída nesse valor a participação por três meses no programa de residência artística da Residency Unlimited, em Nova York.

0

Veja a composição do Júri de Premiação que escolherá o vencedor do PIPA 2015

Caberá aos membros do Júri escolher um artista dentre os quatro finalistas – Cristiano Lenhardt, Leticia Ramos, Marina Rheingantz e Virginia de Medeiros – para receber o prêmio de R$130 mil, que inclui a participação no programa de residência artística da Residency Unlimited, em Nova York. Conheça os cinco especialistas que compõem o Júri e veja os critérios que deverão ser adotados para definir o vencedor do PIPA 2015.

0

Últimos dias | “Urbanismo geral”, individual de Débora Bolsoni

(Rio de Janeiro, RJ) Figuras recorrentes na trajetória de Débora Bolsoni se transformam em estampas decalcadas em placas de cerâmica. Para serem fixadas, as placas retornaram ao forno. Desenhos da artista passam a dialogar com as estampas originais dos azulejos. Splash se transforma, por exemplo, numa espécie de selo. Esse conjunto de revestimentos cerâmicos estão disponíveis para serem consultados num carrinho de reposição, como numa feira de estampas, um showroom de materiais de construção.

0

56ª Bienal de Veneza | “É tanta coisa que não cabe aqui”

(Veneza, Itália) Nas tradicionais participações nacionais, o Pavilhão Brasileiro apresenta trabalhos de André Komatsu, Antonio Manuel e Berna Reale. Com curadoria de Luiz Camillo Osorio e assistência de Cauê Alves, a exposição tem repercutido na imprensa nacional e internacional. O jornal inglês The Guardian incluiu a instalação “Nave”, de Antonio Manuel, entre as melhores obras apresentadas em toda a Bienal.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA