Tagged Bruno Dunley

0

Sétima edição da ArtRio começa nesta semana

(Rio de Janeiro, RJ) Uma das feiras de arte mais importantes da América Latina, a ArtRio, chega este ano a sua sétima edição, reunindo cerca de 70 galerias nacionais e internacionais. O evento, que começa oficialmente na próxima quinta, 14 de setembro, na Marina da Glória, traz ainda atividades paralelas, como um ciclo de palestras e visitas guiadas a espaço culturais pela cidade.

0

Oito artistas discutem o conceito de beleza em “A Bela e a Fera”

(São Paulo, SP) Em uma sala, o belo. Em outra, o feio. A divisão aparentemente reducionista é uma das estratégias da coletiva “A Bela e a Fera”, que estreiou essa semana na Central Galeria, para investigar o conceito do belo na atualidade. Com trabalhos de oito artistas – mais da metade deles já indicada ao Prêmio PIPA, Bruno Dunley, Erika Verzutti, Luiz Roque, Sofia Borges e Pedro França –, a exposição curada pela pintora e gravadora Leda Catunda investiga as mudanças na definição do belo vista nos dias de hoje.

0

Coletiva “Cromofilia vs. Cromofobia” ganha continuação no Rio de Janeiro

(Rio de Janeiro, RJ) Encerrada na semana passada, a exposição “Cromofilia vs. Cromofobia”, da galeria Nara Roesler, propunha uma batalha hipotética entre a tabela cromática, inventada nos anos 1960, e o círculo cromático, conhecido pelo menos desde o século XVII. Pois a guerra ainda não se deu por terminada pela curadora e diretora artística da galeria, Alexandra Garcia Waldman. Uma nova batalha se inicia, assim, ainda que em um novo território: “Cromofilia vs. Cromofobia: Continuação” abriu essa semana, dessa vez na sede carioca da galeria.

0

Últimos dias | “Projeto Piauí”, no espaço Jacaranda

(Rio de Janeiro, RJ) Foram 12 dias de carro do interior do Piauí até o Delta da Parnaíba. O objetivo? Entender melhor o estado no extremo Norte do país, tão distante do eixo Rio-São Paulo de onde vêm os artistas. Essa é a síntese da exposição “Projeto Piauí”, que fica em cartaz no Jacaranda, na Villa Aymoré, apenas até o sábado, 22 de janeiro. Apresentando obras de Alexandre Canonico, Bruno Dunley, Isabel Diegues, Luis Barbieri, Marina Rheingantz (finalista do PIPA 2015), Mauro Restiffe e Paloma Bosquê, o projeto mostra como a empreitada impactou a vivência artística de cada um dos participantes.

0

Últimos Dias | Coletiva “Cromofilia vs. Cromofobia” investiga a cor

(São Paulo, SP) A invenção da tabela cromática na década de 1960 trouxe uma liberdade sem precedentes para os artistas ao oferecer uma alternativa ao tradicional e rígido círculo cromático. É essa liberdade que é celebrada em “Cromofilia vs. Cromofobia: investigações da cor”, coletiva da Galeria Nara Roesler que entra hoje em sua última semana. Com obras de 18 artistas – entre eles os já indicados ao Prêmio PIPA Antonio Dias, Bruno Dunley, Cao Guimarães, Lucia Koch e Rodolpho Parigi – a mostra desafia os espectadores a experimentar a cor.

0

Coletiva com 36 artistas discute a pintura em tempos de Internet

(Rio de Janeiro, RJ) A Caixa Cultural Rio de Janeiro apresenta, neste sábado, a exposição “A luz que vela o corpo é a mesma que revela a tela”, que discute como a pintura, por muitos considerada um artigo “do passado”, ainda é capaz de dialogar com o mundo contemporâneo. Para isso, reúne 36 artistas cuja produção se iniciou no fim dos anos 1990. “O fato de terem suas pesquisas desenvolvidas e afirmadas após o surgimento da internet não é um dado conceitual, e sim um recorte curatorial para investigar um momento específico da história”, explica o curador Bruno Miguel.

0

“Projeto Piauí”: uma viagem à região pelo olhar de sete artistas

(Rio de Janeiro, RJ) Foram 12 dias de carro do interior do Piauí até o Delta da Parnaíba. O resultado da jornada, empreendida por Alexandre Canonico, Bruno Dunley, Isabel Diegues, Luis Barbieri, Marina Rheingantz (finalista do Prêmio PIPA 2015), Mauro Restiffe e Paloma Bosquê, pode ser conferido neste sábado, 26 de novembro, na abertura do “Projeto Piauí”, no espaço Jacaranda na Villa Aymoré. Apresentando fotografias, esculturas, desenhos, pinturas e áudios, a exposição ecoa “a desautomatização do olhar de cada viajante”.

0

“cromofilia vs cromofobia” | Liberdade e autonomia no uso da cor

(São Paulo, SP) Antonio Dias, Bruno Dunley, Cao Guimarães, Lucia Koch e Rodolpho Parigi participam da coletiva “cromofilia vs cromofobia”, que gira em torno da batalha entre a cartela de cores versos o círculo cromático. Tomando como base teórica o ensaio de David Batchelors, “Cromofilia”, de seu livro Chromophobia, a exposição analisa como os artistas contemporâneos jogam, destroem e revelam a tensão entre o uso de cores industriais do período pós 1960 e o advento da cartela de cores. Batchelor descreve a tabela de cor como “uma lista descartável de cores prontas”.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA