Tagged Benoit Fournier

0

“Quando o mar virou Rio” narra a história da relação entre a cidade maravilhosa e o mar

(Rio de Janeiro, RJ) É um paradoxo: apesar de ter “rio” no nome, a cidade do Rio de Janeiro é muito mais associada ao mar e à praia do que a qualquer outra formação natural. A história dessa relação é narrada em “Quando o mar virou Rio”, que começa hoje no Museu Histórico Nacional. Curada por Isabel Seixas, Diogo Rezende e Letícia Stallone, a mostra reúne obras de 25 artistas, seis deles já indicados ao Prêmio PIPA.

0

Bate-papo com os curadores de “Abre-alas” acontece hoje no Centro

(Rio de Janeiro, RJ) A exposição anual “Abre Alas”, organizada pela galeria A Gentil Carioca com o objetivo de abrir espaço para novos artistas, recebeu 400 portfólios em sua última chamada aberta. Como escolher, desses 400, os 17 artistas que participariam da exposição, em cartaz desde o sábado passado? A pergunta guia um bate-papo com os curadores convidados da mostra, hoje a partir das 17h.

0

“Linguagens do corpo carioca [a vertigem do Rio]” reúne 800 obras de artistas que captaram a essência da alma carioca em seus trabalhos

(Rio de Janeiro, RJ) Em cartaz durante os Jogos Olímpicos, a exposição toma como ponto de partida o corpo de quem vive na cidade para pôr em discussão a identidade social como uma espécie de gíria gestual. A abordagem transversal se repete em na exposição, que é dividida em núcleos e traz à tona as mais diversas faces da vida na cidade.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA