Tagged Armando Queiroz

unnamed-3
0

Armando Queiroz participa da coletiva “Doações Recentes”

(Fortaleza, Ceará) A mostra é formada, na sua maioria, por obras doadas pelos artistas, que, de alguma forma, estiveram ligados à instituição, seja através de exposições, programas públicos, oficinas e da recente parceria com o Laboratório de Artes Visuais do Porto Iracema das Artes, que tem ativado com potência o espaço.

obra_claraianni
0

Últimos dias | 19º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil | Panoramas do Sul

(São Paulo, SP) Em sua 19ª edição, o Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil radicaliza sua proposta e transforma “Panoramas do Sul” no corpo central de toda a sua programação. O Sul global e suas múltiplas questões – que dizem respeito a diásporas, identidades híbridas, trânsito migratório e viagens, narrativas pessoais, memórias, isolamento, tecido social e insularidade – foram inspirações e parâmetros da Comissão Curadora para a seleção de obras e projetos.






Clara Ianni
0

Em cartaz | 19º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil | Panoramas do Sul

(São Paulo, SP) Em sua 19ª edição, o Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil radicaliza sua proposta e transforma “Panoramas do Sul” no corpo central de toda a sua programação. O Sul global e suas múltiplas questões – que dizem respeito a diásporas, identidades híbridas, trânsito migratório e viagens, narrativas pessoais, memórias, isolamento, tecido social e insularidade – foram inspirações e parâmetros da Comissão Curadora para a seleção de obras e projetos.






Luciana Magno
0

Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil promove reflexão em torno da produção artística do sul global

(São Paulo, SP) Em sua 19ª edição, o Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil apresenta obras de 62 artistas de 27 países da América Latina, Caribe, África, Oriente Médio, Oceania, Europa e Ásia. Dentre os participantes estão Armando Queiroz, Beto Shwafaty, Clara Ianni, Cristiano Lenhardt, Débora Bolsoni, João Castilho, Leticia Ramos, Luciana Magno, Paulo Nazareth, Paulo Nimer Pjota, Rafael RG, Rodolpho Parigi, Rodrigo Matheus, Runo Lagomarsino e Waléria Américo.






960x495_ba37665fe3f72f7c2d00847ba5cde654
0

28 artistas e coletivos selecionados da 31ª Bienal de São Paulo expõem em Portugal

(Porto, Portugal) A exposição será inaugurada na próxima semana com participações de artistas como Armando Queiroz, Clara Ianni, Éder Oliveira, Gabriel Mascaro e Virginia de Medeiros. Foram selecionadas para a mostra pinturas, esculturas, vídeos e instalações. Os trabalhos condensam as ideias da exibição brasileira e centram-se no modo como a arte pode alterar formas de pensar o mundo.






Hoje | Programação de performances e conversa em torno da “Encruzilhada”

(Rio de Janeiro, RJ) As obras apresentadas estão organizadas em torno de seis núcleos que tratam do espaço físico da encruzilhada – onde acontecem as manifestações políticas, o carnaval, o flerte, o movimento de trânsito e a macumba, e também das situações em que se faz imperativa uma decisão. Hoje, uma programação especial de performances acontece durante todo dia. Uma conversa com os participantes da Agência Transitiva, espaço-veículo para ações e estudos não-convencionais em arte, política e história das ideias, também acontece.






Vivian Caccuri promove Caminhada Silenciosa como parte da mostra “Encruzilhada”

(Rio de Janeiro, RJ) Em “Encruzilhada”, as obras estão organizadas em torno de seis núcleos que tratam do espaço físico da encruzilhada – onde acontecem as manifestações políticas, o carnaval, o flerte, o movimento de trânsito e a macumba, e também das situações em que se faz imperativa uma decisão. Durante o período da exposição, haverá uma programação semanal de performances, encontros e conversas, além de alterações na montagem, resultando em novas vivências do público. Amanhã, uma programação nova de performances será realizada durante a exposição.






Hoje | Programação especial de performances na coletiva “Encruzilhada”

(Rio de Janeiro, RJ) As obras apresentadas estão organizadas em torno de seis núcleos que tratam do espaço físico da encruzilhada – onde acontecem as manifestações políticas, o carnaval, o flerte, o movimento de trânsito e a macumba, e também das situações em que se faz imperativa uma decisão. Durante o período da exposição, haverá uma programação semanal de performances, encontros e conversas. Hoje, uma programação especial de performances acontecerá durante a exposição. Saiba mais.






Conversa com curador e performances acontecem durante a semana em “Encruzilhada”

(Rio de Janeiro, RJ) As obras apresentadas estão organizadas em torno de seis núcleos que tratam do espaço físico da encruzilhada – onde acontecem as manifestações políticas, o carnaval, o flerte, o movimento de trânsito e a macumba, e também das situações em que se faz imperativa uma decisão. Durante o período da exposição, haverá uma programação semanal de performances, encontros e conversas. Amanhã, uma programação especial de performances acontecerá durante a exposição e na próxima quarta-feira, 13 de maio, haverá uma conversa entre o curador Bernardo Mosqueira e a diretora da Escola, Lisette Lagnado.






Em cartaz | “Horizonte Generoso – uma experiência no Pará”, coletiva com Alberto Bitar, Armando Queiroz e Luiz Braga

(Rio de Janeiro, RJ) “Horizonte Generoso – uma experiência no Pará”, coletiva com curadoria de Bernardo Mosqueira, é o resultado de uma experiência pessoal de pesquisa e estadia. O curador foi a Belém depois de fazer sua pesquisa à distância. “A exposição parte da história de uma viagem de um pesquisador pela cidade, encontrando seus artistas, suas instituições, suas questões, pesquisas e, com isso, encontrando recorrências, interesses comuns, ritmos, ressonâncias”. Alberto Bitar, Alexandre Sequeira, Armando Queiroz, Elza Lima, Keyla Sobral, Luiz Braga, Orlando Maneschy e Guy Veloso são os artistas que representam a arte paraense nesta mostra.






Copyright © Instituto Investidor Profissional