Tagged Arjan Martins

0

Conheça os artistas que participam do Prêmio PIPA 2017

Confira a relação de artistas indicados pelo Comitê de Indicação que participam da oitava edição do Prêmio PIPA. Veja a lista completa de artistas participantes do Prêmio PIPA 2017: (Clique nos nomes com links para ver as páginas dos artistas que já participaram em outras edições) Aleta Valente Alexandre Canonico Ana Luisa Santos Ana Mazzei (Indicada…

0

Veja a lista completa dos artistas indicados ao Prêmio PIPA 2017

Conheça os 65 artistas indicados à oitava edição do Prêmio PIPA. Eles foram nomeados por pelo menos um membro do Comitê de Indicação, composto por 25 especialistas em arte contemporânea brasileira. Dentre os indicados estão 30 artistas que já participaram em outras edições, sendo que 3 deles já foram finalistas. Veja a relação completa e descubra mais sobre as três categorias do Prêmio.






0

Em cartaz | “Cidade Jacaranda Pequenos Formatos”, na Cidade das Artes

(Rio de Janeiro, RJ) Ganhando uma nova data de encerramento – a exposição teria fim neste domingo, 28 de janeiro – , a exposição “Cidade Jacaranda Pequenos Formatos: Dimensão e Escala” continua em cartaz na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. Com estreia paralela à ArtRio Carioca, a coletiva – uma iniciativa da própria feira em parceria com o Jacaranda e a Cidade das Artes – trouxe para um bairro geralmente ignorado pelos circuitos das artes cariocas alguns dos nomes mais interessantes da arte contemporânea nacional.






0

“Arjan: a pintura e suas vozes imprevistas” – Leia o texto crítico de Luiz Camillo Osorio

“O que faz um artista pintar hoje”? É com essa pergunta que Luiz Camillo Osorio, crítico e curador do Instituto PIPA, inicia o texto crítico exclusivo a seguir, o primeiro de 2017. Partindo do problema da pintura no século XXI, um meio a cada dia mais anacrônico diante de um mundo de avanços tecnológicos crescentes, Osorio analisa a obra de Arjan Martins, cuja última exposição, “Et Cetera”, encerrou-se no mês passado. Unindo crítica social e referências contemporâneas – em “Et Cetera”, uma das imagens mais repetidas nos quadros era a da capa do álbum “Girl talk”, de Oscar Peterson –, Arjan talvez seja capaz de oferecer uma resposta à altura da pergunta de porque pintar na contemporaneidade.






0

“Et cetera”, individual de Arjan Martins, termina nesta quarta-feira

(Rio de Janeiro, RJ) Vai só até amanhã, 21 de dezembro, a exposição “Et cetera”, do quatro vezes indicado ao Prêmio PIPA Arjan Martins. A mostra, em cartaz na galeria A Gentil Carioca desde o final de outubro, resgata a história da relação África-Brasil a partir de referências tão diversas quanto um conjunto de fotografias de mulheres negras que o artista adquiriu em um sebo ou a capa do álbum “Girl talk”, de Oscar Peterson, lançado em 1968.






0

Na esteira da ArtRio Carioca, exposição “Cidade Jacaranda Pequenos Formatos” apresenta obras de 23 artistas

(Rio de Janeiro, RJ) Os holofotes do mundo das artes estão todos voltados para a Barra da Tijuca neste fim de semana. Além da ArtRio Carioca, que ocupa o Village Mall a partir da quinta-feira, a Cidade das Artes recebe no sábado, 10 de dezembro, a exposição “Cidade Jacaranda Pequenos Formatos: Dimensão e Escala”. Não é coincidência: a mostra é resultado da parceria do complexo cultural com a plataforma Jacaranda e a própria ArtRio Carioca, que busca fomentar o crescimento do mercado de artes no bairro.






0

“A Pintura Depois do Fim da Arte” conversa com Arjan Martins e Luiz Camillo Osorio

(Rio de Janeiro, RJ) Acontece na próxima quarta-feira, 23 de novembro, uma conversa entre Luiz Camillo Osorio, crítico de arte e curador do Instituto PIPA, e Arjan Martins, quatro vezes indicado ao Prêmio PIPA, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. O trabalho do artista é marcado pela temática da identidade negra no Brasil, e sua última exposição, “Et cetera”, em cartaz na galeria A Gentil Carioca até o dia 21 de dezembro, não foge ao tema. Com curadoria de Michael Asbury, integrante do Comitê de Indicação do Prêmio PIPA esse ano, a mostra discute as relações de poder coloniais a partir da história da relação Brasil-África.






0

Arjan Martins discute relações de poder coloniais em “Et cetera”

(Rio de Janeiro, RJ) O carioca Arjan Martins, quatro vezes indicado ao Prêmio PIPA, inaugurou no último fim de semana sua mostra individual “Et cetera”. Resgatando a história da relação África-Brasil a partir de referências tão diversas quanto um conjunto de fotografias de mulheres negras encontradas em um sebo e a capa do álbum “Girl talk”, de Oscar Peterson, as obras trazem ecos da contemporaneidade ao discutir as relações de poder no Brasil colônia.






Copyright © Instituto PIPA