Tagged Anna Bella Geiger

0

Cartografia e arte contemporânea lado a lado em “A vastidão dos mapas”

(Curitiba, PR) De um lado, um conjunto de mapas originais dos séculos XVI, XVII e XVIII. De outro, obras de artistas contemporâneos. A fórmula foi idealizada por “A vastidão dos mapas”, exposição que ocupa o Museu Oscar Niemeyer desde o final de maio. Exibindo 15 mapas do núcleo de cartografia da Coleção Santander Brasil em conjunto com obras de 33 artistas contemporâneos – entre eles, o vencedor do Prêmio PIPA 2012 Marcius Galan e o indicado Rodrigo Torres –, a mostra pretende questionar os espaços, as fronteiras, os fluxos territoriais e deslocamentos.

0

Relação do humano com a terra guia coletiva com 12 artistas

(Rio de Janeiro, RJ) A prática de geofagia, ou ingestão de terra, inspirou “Sobre a terra”, coletiva inaugurada no último sábado na galeria A Gentil Carioca. Em uma experiência curatorial inicial, doze artistas – incluindo os indicados ao Prêmio PIPA Maria Laet e Rafael RG e os finalistas Matheus Rocha Pitta e Rodrigo Braga – exploram a relação material, conceitual, política e simbólica entre o humano e a terra.






0

Panorama da videoarte brasileira é exibido na mostra “Filmes e Vídeos de Artistas”

(Ribeirão Preto, SP) Um verdadeiro panorama da videoarte brasileira estreia neste sábado, 18 de fevereiro, no Instituto Figueiredo Ferraz. Trata-se da mostra “Filmes e Vídeos de Artistas – Coleção Itaú Cultural” que, sob a curadoria de Roberto Moreira S. Cruz, traz ao público tanto a oportunidade de assistir alguns dos pioneiros da técnica no Brasil, quanto de conferir algumas das obras contemporânea mais interessantes do universo, de autores como os finalistas ao Prêmio PIPA Thiago Rocha Pitta, Letícia Ramos e Berna Reale.






0

Barbara Wagner, Berna Reale, João Castilho, Paulo Nazareth e Tony Camargo participam da coletiva “Humanas Interlocuções”

(Porto Alegre, RS) Abrangendo cerca de 50 anos de produção artística (de 1960 a 2016), a seleção de trabalhos tem como núcleo articulador o potente emprego do corpo pelos artistas: seja como suporte, seja como tema de investigação criativa; ou, ainda, como vetor de problematização da subjetividade em relação a diferentes esferas – simbólicas, políticas, sociais e culturais.






0

Últimos dias | “Força na Peruca”, mostra coletiva com participação de Toz

(Rio de Janeiro, RJ) Onze artistas e um coletivo criaram obras específicas; o grafiteiro Toz criou especialmente a obra “A corda”. A exposição observa a relevância social da peruca e sua “dimensão humanitária, dentro de um espírito de superação, solidariedade, alegria e vontade de viver”, como define a jornalista Christina Martins, idealizadora e produtora da mostra, que acompanha o trabalho da Fundação Laço Rosa, de apoio às mulheres que enfrentam ou enfrentaram o câncer de mama.






Artistas expõem obras inéditas, feitas para a mostra “Força na Peruca” | Participação de Toz

(Rio de Janeiro, RJ) Onze artistas de renome e um coletivo, de diversas formações, áreas de atuação e estilos trazem suas obras em torno do tema cabelos e perucas, criadas especialmente para a mostra. Resgatando a autoestima de muitos pacientes, a peruca ganha “uma nova dimensão humanitária, dentro de um espírito de superação, solidariedade, alegria e vontade de viver”, como define a jornalista Christina Martins, idealizadora e produtora da mostra.






O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA