Tagged Ana Paula Oliveira

0

#DiaInternacionaldaMulher | Conheça 15 artistas contemporâneas brasileiras

Em honra ao Dia Internacional da Mulher, o Prêmio PIPA reuniu em uma galeria obras de 15 artistas mulheres que, de alguma maneira, se destacaram durante a existência do Prêmio, ganhando alguma de suas categorias ou concorrendo como finalistas. Suas práticas e preocupações não poderiam ser mais variadas, assim como os suportes que escolhem. Juntas, contudo, elas provam que lugar de mulher é no museu, no ateliê, na galeria – e onde mais ela quiser.

0

Em “Círculo de giz e um pouco sobre sólidos”, Ana Paula Oliveira dá prosseguimento a suas criações com vidro, chumbo e taxidermia

(São Paulo, SP) “Todos os trabalhos da exposição emulam movimento, seja ele percebido pelo público ou algo invisível. As plantas crescem e se desenvolvem durante a mostra, os pássaros na série Vistaña simulam um voo pelas placas de vidro. O mesmo acontece na obra que dá título à mostra, na qual chapas-lâminas de vidro criam uma perspectiva de espaço incomum. Cada vidro é puxado por uma ave moldada a partir do corpo de um animal real e fundida em chumbo.”

0

“Círculo de giz e um pouco sobre sólidos”, dá prosseguimento às criações com vidro, chumbo e taxidermia

(São Paulo, SP) Todos os trabalhos da exposição emulam um movimento, seja ele percebido pelo público ou algo invisível – as plantas crescem e se desenvolvem durante a exposição, os pássaros taxidermizados Manon na Série Vistaña simulam um voo pelas placas de vidro. O mesmo acontece na mostra, na qual chapas-lâminas de vidro assimétricas cortadas a laser criam uma incomum perspectiva de espaço. Cada vidro é puxado por uma ave moldada a partir do corpo de um animal real e fundida em chumbo.

0

Em nova mostra, Ana Paula Oliveira dá prosseguimento a suas criações com vidro, chumbo e taxidermia

(São Paulo, SP) “Todos os trabalhos da exposição emulam movimento, seja ele percebido pelo público ou algo invisível. As plantas crescem e se desenvolvem durante a mostra, os pássaros na série Vistaña simulam um voo pelas placas de vidro. O mesmo acontece na obra que dá título à mostra, na qual chapas-lâminas de vidro criam uma perspectiva de espaço incomum. Cada vidro é puxado por uma ave moldada a partir do corpo de um animal real e fundida em chumbo.”

0

Coletiva “Aparição” reúne 17 artistas para repensar a definição e a prática da Escultura

(Rio de Janeiro, RJ) Adriano Amaral, Ana Paula Oliveira, André Griffo, Daniel de Paula, Débora Bolsoni, Felipe Cohen, Frederico Filippi, Matheus Rocha Pitta, Raquel Versieux e Wagner Malta Tavares são alguns dos nomes que integram a mostra. A exposição oferece um panorama recente da arte brasileira com 30 trabalhos em suportes de vídeo, fotografia, objetos, arte sonora, instalação, performance e intervenção.

0

Hoje | Lançamento do catálogo e visita guiada em “Aparição”, coletiva com curadoria de Fernanda Lopes

(Rio de Janeiro, RJ) Adriano Amaral, Ana Paula Oliveira, André Griffo, Daniel de Paula, Débora Bolsoni, Felipe Cohen, Frederico Filippi, Matheus Rocha Pitta, Raquel Versieux e Wagner Malta Tavares são alguns dos artistas que integram a mostra, que oferece um panorama recente da arte brasileira com 30 trabalhos em suportes de vídeo, fotografia, objetos, arte sonora, instalação, performance e intervenção.

0

Amanhã | Lançamento do catálogo e visita guiada em “Aparição”, coletiva com curadoria de Fernanda Lopes

(Rio de Janeiro, RJ) Adriano Amaral, Ana Paula Oliveira, André Griffo, Daniel de Paula, Débora Bolsoni, Felipe Cohen, Frederico Filippi, Matheus Rocha Pitta, Raquel Versieux e Wagner Malta Tavares são alguns dos artistas que integram a mostra, que oferece um panorama recente da arte brasileira com 30 trabalhos em suportes de vídeo, fotografia, objetos, arte sonora, instalação, performance e intervenção.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA