Tagged Agnaldo Farias

0

Últimos dias de “A vastidão dos mapas”

(Curitiba, PR) “A vastidão dos mapas – Arte contemporânea em diálogo com mapas da Coleção Santander Brasil”, exposição no Museu Oscar Niemeyer (MON), se encerra neste domingo, 06 de julho. Sob a curadoria de Agnaldo Farias, a mostra reúne um conjunto de mapas originais dos séculos XVI ao XVIII do núcleo de cartografia da Coleção Santander Brasil em diálogo com obras de artistas contemporâneos.

0

Cartografia e arte contemporânea lado a lado em “A vastidão dos mapas”

(Curitiba, PR) De um lado, um conjunto de mapas originais dos séculos XVI, XVII e XVIII. De outro, obras de artistas contemporâneos. A fórmula foi idealizada por “A vastidão dos mapas”, exposição que ocupa o Museu Oscar Niemeyer desde o final de maio. Exibindo 15 mapas do núcleo de cartografia da Coleção Santander Brasil em conjunto com obras de 33 artistas contemporâneos – entre eles, o vencedor do Prêmio PIPA 2012 Marcius Galan e o indicado Rodrigo Torres –, a mostra pretende questionar os espaços, as fronteiras, os fluxos territoriais e deslocamentos.

0

Último final de semana “As Margens dos Mares”

(São Paulo, SP) Com participações de Chiara Banfi e O Grivo e curadoria de Agnaldo Farias, a mostra é um encontro entre artistas expoentes de diferentes regiões que busca apresentar, por meio das artes visuais e da música, uma expressão da cultura contemporânea destes países lusófonos. Para a exposição foram selecionadas obras de doze artistas que refletem sobre questões como memória, espaço e arquitetura a partir de instalações, fotografias, vídeos e objetos.

0

Camila Soato e outros indicados ao PIPA concorrem a prêmio de artes visuais de Brasília

(Brasília, DF) Na próxima terça, serão anunciados os vencedores do prêmio Transborda Brasília 2015, que selecionou trabalhos de 120 artistas da capital e seu entorno. Entre os 20 concorrentes estão André Santangelo, Camila Soato (finalista do PIPA em 2013), Karina Dias, Leopoldo Wolf e Virgilio Neto. Os três primeiros lugares receberão bolsas de estudos, acompanhamento artístico e prêmio aquisição.

Exposição com curadoria de Agnaldo Farias reúne artistas de Angola, Brasil, Moçambique e Portugal

(São Paulo, SP) Com curadoria de Agnaldo Farias, “As Margens dos Mares” é um encontro entre artistas expoentes de diferentes regiões que busca apresentar, por meio das artes visuais e da música, uma expressão da cultura contemporânea destes países lusófonos. Para a exposição foram selecionadas obras de doze artistas – entre eles Chiara Banfi e O Grivo – que refletem sobre questões como memória, espaço e arquitetura a partir de instalações, fotografias, vídeos e objetos.

Mostra reúne artistas de países lusófonos

(São Paulo, SP) “As instalações predominam e a música, incluindo ruídos, atua como elemento agregador da exposição, atravessando-a de ponta a ponta”, define o curador Agnaldo Farias. Para a exposição foram selecionadas obras de doze artistas – entre eles Chiara Banfi e O Grivo – que refletem sobre questões como memória, espaço e arquitetura a partir de instalações, fotografias, vídeos e objetos.

0

Prêmio de Arte Contemporânea Transborda Brasília anuncia artistas selecionados

A organização do Transborda Brasília divulgou os 20 artistas selecionados a concorrer aos prêmios de aquisição, olsa de estudos e acompanhamento artístico. Com o objetivo de mapear e conhecer a produção artística do Distrito Federal e do entorno, a organização do prêmio recebeu cerca de mil trabalhos de 146 artistas da região. Participaram da escolha das obras Agnaldo Farias, Cristiana Tejo, Fernando Cocchiarale, Marília Panitz e Ralph Gehre. Veja aqui os artistas selecionados.

“As Margens dos Mares” | Participações de Chiara Banfi e O Grivo

(São Paulo, SP) Com curadoria de Agnaldo Farias, “As Margens dos Mares” é um encontro entre artistas expoentes de diferentes regiões que busca apresentar, por meio das artes visuais e da música, uma expressão da cultura contemporânea destes países lusófonos. Para a exposição foram selecionadas obras de doze artistas – entre eles Chiara Banfi e O Grivo – que refletem sobre questões como memória, espaço e arquitetura a partir de instalações, fotografias, vídeos e objetos.

“As Margens dos Mares”, coletiva com participações de Chiara Banfi e O Grivo

(São Paulo, SP) “As Margens dos Mares” é um encontro entre artistas expoentes de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal que busca apresentar, por meio das artes visuais e da música, uma expressão da cultura contemporânea destes países lusófonos. Para a exposição foram selecionadas obras de doze artistas – entre eles Chiara Banfi e O Grivo – que refletem sobre questões como memória, espaço e arquitetura a partir de instalações, fotografias, vídeos e objetos. Além da mostra acontecem – somente neste final de semana – encontros musicais inéditos com a presença de músicos dos países convidados.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA