Tagged Adriano Amaral

Adriano Amaral em individual em São Paulo

(São Paulo, SP) O corpo humano como resultado de uma interação entre elementos naturais e produtos artificiais é o campo de pesquisa de Adriano Amaral em “Rurais”, individual do artista na Galeria Jaqueline Martins. Numa investigação sobre a natureza das coisas que nos cercam, Amaral expõe vídeos e instalações que mesclam recursos como a água, luz e carvão à uma artificialidade característica do sujeito contemporâneo, como o silicone e a maquiagem.

0

Coletiva inspira parceria entre galerias carioca e paulista

(São Paulo, SP) “É de ensaio que se trata esta exposição”, escreve o curador Ricardo Sardenberg sobre “A Gentil Carioca Jaqueline Martins”. A coletiva, que une obras de artistas de ambas as galerias – 16 deles já indicados ao Prêmio PIPA – a partir deste fim de semana na paulista Jaqueline Martins, questiona os discursos e meios de apresentação que normalmente se esperam de uma exposição artística.

0

Veja a lista completa dos artistas indicados ao Prêmio PIPA 2017

Conheça os 65 artistas indicados à oitava edição do Prêmio PIPA. Eles foram nomeados por pelo menos um membro do Comitê de Indicação, composto por 25 especialistas em arte contemporânea brasileira. Dentre os indicados estão 30 artistas que já participaram em outras edições, sendo que 3 deles já foram finalistas. Veja a relação completa e descubra mais sobre as três categorias do Prêmio.

0

Últimos dias | “Escritexpográfica”, individual de Fabio Morais

(São Paulo, SP) Indicado em 2012 e 2013 ao Prêmio PIPA, o paulista Fabio Morais encerra sua sexta individual na Galeria Vermelho neste sábado de Carnaval, 25 de fevereiro. Guiada pelo leitmotiv de Morais, a pesquisa sobre a escrita para além do universo da literatura e do texto, “Escritexpográfica” utiliza-se da apropriação, recomposição e recontextualização de imagens e textos para criar um olhar analítico sobre a conjuntura política atual.

0

Últimos dias | “Sempre um ponto de identidade, sempre distinção”

(São Paulo, SP) Hoje e amanhã são os últimos dias para ver a coletiva “Sempre um ponto de identidade, sempre distinção”. Curada por Hércules Goulart Martins, a exposição em cartaz na Galeria Jaqueline Martins se baseia na ideia de mutualismo – que, em sua raiz latina, significava tanto reciprocidade (mutuus) quanto mudança (mutare) – para entrelaçar as propostas de 11 artistas nacionais e internacionais.

0

Reciprocidade e mudança na coletiva “Sempre um ponto de identidade, sempre distinção”

(São Paulo, SP) Mutualismo. Do latim mutuus, recíproco – que, por sua vez, vem do verbo mutare, mudar. É a partir do jogo entre os dois vocábulos latinos, origem da ideia de mutualismo, que o curador Hércules Goulart Martins define a chave de “Sempre um ponto de identidade, sempre distinção”. Estreando neste sábado, 12 de novembro, na Galeria Jaqueline Martins, a exposição apresenta obras de 11 artistas nacionais e internacionais, entre eles os já indicados ao Prêmio PIPA Adriano Amaral, Ana Mazzei, Daniel de Paula, Débora Bolsoni, Ícaro Lira, Lais Myrrha e Ricardo Basbaum.

0

Coletiva “Aparição” reúne 17 artistas para repensar a definição e a prática da Escultura

(Rio de Janeiro, RJ) Adriano Amaral, Ana Paula Oliveira, André Griffo, Daniel de Paula, Débora Bolsoni, Felipe Cohen, Frederico Filippi, Matheus Rocha Pitta, Raquel Versieux e Wagner Malta Tavares são alguns dos nomes que integram a mostra. A exposição oferece um panorama recente da arte brasileira com 30 trabalhos em suportes de vídeo, fotografia, objetos, arte sonora, instalação, performance e intervenção.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA