0

Cinco vezes indicada ao Prêmio PIPA, Lais Myrrha inaugura “Corpo de Prova”

(São Paulo, SP) Indicada a cinco das oito edições do Prêmio PIPA, a mineira Lais Myrrha inaugura hoje, 23 de março, a exposição “Corpo de Prova” no Sesc Bom Retiro. Curada por Júlia Rebouças, membro do Comitê de Indicação do PIPA 2015, a mostra consiste em uma instalação de mesmo nome acompanhada de 17 fotografias da série “Breve Cronografia dos Desmanches” (2014), retratos de construções em estado de demolição.

0

Coletiva investiga distâncias e abismos contemporâneos

(Porto Alegre, RS) A falta de empatia e aproximação com o diferente nos dias de hoje guiam “Do Abismo e Outras Distâncias”, em cartaz desde o começo de março na galeria Mamute. Celebrando os cinco anos do espaço, a mostra reúne obras de todos os 18 artistas representados pela galeria – entre eles, Pablo Ferretti, indicado ao Prêmio PIPA em 2014 – e é curada por Bruna Fetter.

0

Pedro Varela reflete sobre “o passado que não passa” em individual

(Rio de Janeiro, RJ) Para sua nova individual – sua primeira na Luciana Caravello Arte Contemporânea –, o indicado ao PIPA 2011 Pedro Varela decidiu realocar o conceito de “um passado que não passa”, do historiador Henry Rousso, para o contexto brasileiro. Reunindo onze pinturas de diferentes dimensões, além de alguns desenhos, “Un passé qui ne passe pas”, busca justamente explorar o passado que continua a reverberar no presente, seja em nossas relações sociais, em nosso DNA, ou na maneira como se vive hoje.

0

Mostra histórica sobre preto e branco ganha nova edição

(Rio de Janeiro, RJ) Há quinze anos atrás, em 2002, Lygia Pape participava de sua última exposição em vida. A mostra em questão, “Projeto em Preto e Branco”, ganha uma nova edição a partir deste sábado, 18 de março, na Silvia Cinta + Box 4. O tema continua o mesmo: obras em preto, branco, ou preto e branco. Os participantes, no entanto, são outros, constituindo uma lista de quinze artistas dos quais cinco já foram indicados ao Prêmio PIPA, incluindo o vencedor de 2012 Marcius Galan.

0

Coletiva investiga as práticas pictóricas contemporâneas

(Rio de Janeiro, RJ) Ao contrário de grande parte das coletivas, “Pintura [Diálogos de artistas]”, que estreia neste fim de semana na Caixa Cultural Rio de Janeiro, não é organizada em torno de apenas um tema ou técnica. Colocando trabalhos de doze diferentes artistas lado a lado – entre eles, os já indicados ao Prêmio PIPA Elvis Almeida, Paulo Nimer Pjota, Pedro Varela, Vânia Mignone e Willian Santos –, a mostra busca justamente explorar a diversidade de poéticas e visões de cada artista sobre a pintura.

0

Luiza Baldan abre nova individual, “Estofo”

(Rio de Janeiro, RJ) Finalista ao Prêmio PIPA 2016, Luiza Baldan passou quase nove meses navegando pela Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. O resultado de suas constantes idas e vindas pode ser conferido em “Estofo”, que ela inaugurou essa semana na Anita Schwartz Galeria de Arte. Com título oriundo de um jargão náutico, a individual reúne uma videoinstalação, um texto da artista e uma carta náutica, além de fotogravuras e suas matrizes.

0

“O Episódio São Paulo – The GAM#6”, uma exposição em formato de conversa

(São Paulo, SP) Indicados ao Prêmio PIPA em 2014 e em 2016, os artistas Beto Shwafaty e Daniel de Paula participam neste sábado de uma exposição, no mínimo, singular. É que “O Episódio São Paulo – The GAM#6”, idealizado pelo italiano Alessandro Facente, é uma mostra no formato “spoken-word”, ou seja, embora produzida como uma exposição normal, é apresentada ao público como uma conversa.

0

Gaudí e a Barcelona dos anos 1900 chegam amanhã ao MAM-Rio

(Rio de Janeiro, RJ) O lendário arquiteto Antoni Gaudí é o protagonista da exposição “Gaudí: Barcelona, 1900”, que abre amanhã, 16 de março, no MAM-Rio. Com curadoria de Raimon Ramis e Pepe Serra, a mostra já passou por diversas instituições e reúne 46 maquetes – quatro em escala monumental – e 25 objetos e móveis concebidos pelo artista, além de cerca de outros 40 trabalhos de artistas e artesãos contemporâneos ao arquiteto.

0

Luiz Zerbini apresenta pela primeira vez suas gravuras

(São Paulo, SP) Membro do Comitê de Indicação do Prêmio PIPA em 2011, Luiz Zerbini apresenta pela primeira vez uma incursão no universo das gravuras em “Monotipias”, em cartaz no Galpão da Fortes D’Aloia & Gabriel desde o sábado passado, 11 de março. Em parceria com o impressor João Sánchez, Zerbini usou as espécies raras do Jardim Botânico do Inhotim, em Minas Gerais, como matrizes para as obras.

0

Gisela Motta e Leandro Lima recriam clássico de Hitchcock

(São Paulo, SP) Clássico de suspense cinematográfico, Psicose (1960), dirigido por Alfred Hitchcock, é razão da obsessão de muitos artistas. Em 2015, foi a vez da dupla Gisela Motta e Leandro Lima, indicada ao Prêmio PIPA em 2012, de recriar a obra. Sua versão – que ocupa a Sala Antonio da Galeria Vermelho desde a quinta-feira passada, 06 de março –, baseia-se, porém, em um detalhe fundamental: ela é inteiramente constituída a partir de imagens e sons adquiridos em bancos de “royalty free media”.

Copyright © Instituto PIPA