PIPA Online 2014

O PIPA Online 2014 aconteceu em dois turnos. O Primeiro turno foi realizado entre 20 e 27 de julho, e o segundo de 3 a 10 de agosto. Todos os artistas indicados foram convidados a participar e concorrer em duas categorias online.

Nova categoria

Em 2014 a coordenação do Prêmio foi contatada pelo Instituto Sacatar que propôs uma parceria. O Instituto dirige um programa de residência aberto a artistas de todas as nacionalidades, na Ilha de Itaparica, na Bahia.

Na direção de um constante aprimoramento do Prêmio, aproveitamos essa oportunidade para tornar a versão Online ainda mais relevante e qualificada, desmembrando o PIPA Online em duas categorias: PIPA Online e PIPA Online Popular. Assim como os finalistas concorrem a dois prêmios – um com votação popular e outro que passa pelo crivo de um júri e inclui uma residência artística – o mesmo aconteceu com a votação na internet, onde todos os indicados foram convidados a participar.

Resultados

O PIPA Online 2014 teve mais de 14.700 votos computados em duas semanas de duração (uma semana com 8294 votos no 1º turno, e outra com 6446 no 2º). 8 artistas superaram o número mínimo de 500 votos e passaram ao segundo turno.

O placar final do segundo turno do PIPA Online 2014 foi:
Diego de Santos – 1170
Fernando Mendonça – 1014
Daniel Escobar – 873
Toz – 813
Paulo Nimer Pjota – 788
Pablo Ferretti – 719
Ronald Duarte – 584
Arthur Scovino – 485

Vencedores da categoria Online 2014

Como artista mais votado no segundo turno, Diego de Santos foi declarado vencedor do PIPA Online Popular 2014. Ele recebeu o prêmio de R$5mil.

Santos vive no Ceará, trabalha com fotografia, desenho e instalação. Recentemente foi premiado no Salão de Artes de Mato Grosso do Sul 2013 e capa da revista DasArtes. Saiba mais sobre o artista, clique aqui.

O vencedor do PIPA Online 2014 foi Paulo Nimer Pjota. Escolhido pelo Júri (composto por Lucrécia Vinhaes, conselheira do PIPA; Luiz Camillo Osorio, curador do MAM-Rio e conselheiro do PIPA; e Augusto Albuquerque, representante da Sacatar) dentre os cinco artistas mais votados no segundo turno, recebeu além da participação de 2 meses no programa de residência do Instituto Sacatar, um prêmio R$10mil.

Os trabalhos do paulista Pjota carregam uma seleção de imagens, cores, símbolos e suportes que dialogam com princípios socioculturais emergentes. O artista possui trabalhos em importantes coleções nacionais e internacionais, bem como diversos prêmios. Acesse a página do artista para mais informações: clique aqui.


Assista ao anúncio dos vencedores da versão Online do PIPA 2014:


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA