Finalistas 2016

Os finalistas do Prêmio PIPA 2016 participarão de uma exposição no MAM-Rio, de 3 de setembro a 13 de novembro de 2016. Eles estão concorrendo ao prêmio de R$130 mil dado ao vencedor da principal categoria do PIPA, onde quem escolhe o vencedor é o Júri de Premiação, e a R$24 mil do Voto Popular, cujo vencedor será eleito pelos visitantes da exposição.

 

Veja quem são os Finalistas do Prêmio PIPA 2016 em anúncio foi feito em vídeo pelo curador e conselheiro do PIPA, Luiz Camillo Osorio, com a participação dos finalistas:

Conheça os finalistas do PIPA 2016:

(Clique no nome do artista para ter mais informações sobre sua carreira, ver fotos de seus trabalhos e assistir às vídeo-entrevistas)

Clara Ianni
Gustavo Speridião
Luiza Baldan
Paulo Nazareth
 

Todos os anos os membros do Conselho do PIPA escolhem quatro finalistas, tendo como referência o número de indicações recebidas por cada artista pelo Comitê de Indicação.

 

De todos os artistas indicados na sétima edição do Prêmio, apenas estes quatro concorreram ao PIPA e ao PIPA Voto Popular Exposição:

– PIPA: Principal categoria, na qual o vencedor é escolhido pelo Júri de Premiação (cuja formação será divulgada no dia 21 de outubro). O vencedor receberá R$ 130 mil, sendo parte desse valor (em torno de R$ 25 mil) utilizado para financiar a participação do artista no programa de residência artística internacional da Residency Unlimited, em Nova York, EUA. O Júri de Premiação definirá o vencedor com base no que será exposto na mostra do MAM-Rio, na análise das trajetórias e dos portfólios apresentado pelos artistas, bem como na relevância do prêmio em dinheiro e da participação no programa de residência artística internacional para o desenvolvimento da carreira de cada finalista.

– PIPA Voto Popular Exposição: Segunda categoria exclusiva para os finalistas, onde quem define o vencedor é o público que visita a exposição do PIPA no MAM-Rio e vota no seu artista preferido. O vencedor recebe R$ 24 mil.

 

Exposição no MAM-Rio

 

Anualmente, os quatro finalistas de cada edição do Prêmio expõem na mostra PIPA no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, entre setembro e novembro. Cada artista pode definir as obras que irá expor junto à curadoria do Museu, respeitando o espaço disponível para a exposição. As obras de arte expostas podem ou não ser inéditas. Cada artista recebe R$12 mil como ajuda de custo para a produção da mostra.

Durante a exposição, um espaço interativo é montado para que o público possa deixar comentários, assistir a vídeos exclusivos e votar no seu artista favorito para a categoria PIPA Voto Popular. O espaço conta com atividades elaboradas por uma equipe de educadores coordenada por Virgínia Mota e Jean D. Soares, que buscam estimular diversas discussões e reflexões a cerca da mostra e da arte contemporânea.

 

Três meses de residência artística em Nova York

 

Desde a criação do Prêmio em 2010, o artista vencedor do PIPA recebe (como parte do prêmio pela vitória da principal categoria) a participação por três meses em um programa de residência artística internacional. De 2010 a 2012, a residência escolhida foi a Gasworks, em Londres, Reino Unido. Renata Lucas, Tatiana Blass e Marcius Galan, vencedores do PIPA em 2010, 11 e 12, respectivamente, participaram do programa da londrino.

A partir de 2013 a residência escolhida foi a Residency Unlimited, em Nova York, nos EUA. Cadu, vencedor do PIPA 2013, foi o primeiro artista enviado pelo Prêmio para a RU. Alice Miceli e Virginia de Medeiros, vencedoras do Prêmio em 2014 e 15, respectivamente, foram as outras artistas a participar do programa.

A RU está localizada na igreja South Congregational em Carroll Gardens, Brooklyn, em um espaço flexível e multifuncional utilizado para várias atividades, como palestras, projeções, performances e exposições. É também onde os artistas residentes se reúnem para fazerem pesquisas e produzem trabalhos. Todas as atividades relacionadas aos residentes – que incluem visitas semanais aos estúdios, almoços mensais, e suporte técnico – são realizadas na igreja. Os residentes se beneficiam da diversificada rede de parceiros do programa, permitindo flexibilidade, personalização e acesso a uma ampla gama de serviços e recursos.


Copyright © Instituto PIPA