Finalistas 2015

Os finalistas do PIPA 2015 participaram da exposição do Prêmio no MAM-Rio, de 5 de setembro a 15 de novembro de 2015. Eles concorram ao prêmio de R$130 mil dado ao vencedor da principal categoria do PIPA, onde quem escolhe o vencedor é o Júri de Premiação, e a R$24 mil do Voto Popular.
 
Veja quem foram os Finalistas do PIPA 2015. O anúncio foi feito pelo conselheiro do PIPA e curador do MAM-Rio, Luiz Camillo Osorio:


 
Conheça os finalistas do PIPA 2015:
(Clique no nome do artista para ter mais informações sobre sua carreira, ver fotos de seus trabalhos e assistir às vídeo-entrevistas)

Cristiano Lenhardt
Leticia Ramos
Marina Rheingantz
Virginia de Medeiros
 
Para saber quem foram os vencedores de cada uma das categorias do PIPA 2015, clique aqui.
 
Todos os anos os membros do Conselho do PIPA escolhem quatro finalistas, tendo como referência o número de indicações recebidas por cada artista pelo Comitê de Indicação.
 
De todos os artistas indicados na sexta edição do Prêmio, apenas estes quatro concorreram ao PIPA e ao PIPA Voto Popular Exposição:

– PIPA: Principal categoria, na qual o vencedor é escolhido pelo Júri de Premiação (cuja formação será divulgada no dia 16 de outubro). O vencedor receberá R$ 130 mil, sendo parte desse valor (em torno de R$ 25 mil) utilizado para financiar a participação do artista no programa de residência artística internacional da Residency Unlimited, em Nova York, EUA. O Júri de Premiação definirá o vencedor com base no que será exposto na mostra do MAM-Rio, na análise das trajetórias e dos portfólios apresentado pelos artistas, bem como na relevância do prêmio em dinheiro e da participação no programa de residência artística internacional para o desenvolvimento da carreira de cada finalista.

– PIPA Voto Popular Exposição: Segunda categoria exclusiva para os finalistas, onde quem define o vencedor é o público que visita a exposição do PIPA no MAM-Rio e vota no seu artista preferido. O vencedor recebe R$ 24 mil.
 
Exposição no MAM-Rio

Anualmente, os quatro finalistas de cada edição do Prêmio expõem na mostra PIPA no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, entre setembro e novembro. Cada artista pode definir as obras que irá expor junto à curadoria do Museu, respeitando o espaço disponível para a exposição. As obras de arte expostas podem ou não ser inéditas. Cada artista recebe R$12 mil como ajuda de custo para a produção da mostra.

Durante a exposição, um espaço interativo é montado para que o público possa deixar comentários (em post-its nas paredes), assistir ao vídeo da montagem com falas dos quatro artistas e votar no seu artista favorito para a categoria PIPA Voto Popular. O espaço tem também televisores com vídeo-entrevistas feitas com os demais artistas indicados na edição vigente, e atividades elaboradas por uma equipe de educadores que buscam estimular diversas discussões e reflexões a cerca da mostra e da arte contemporânea.
 
Sobre a RU

Desde a criação do Prêmio em 2010, o artista vencedor do PIPA recebe (como parte do prêmio pela vitória da principal categoria) a participação por três meses em um programa de residência artística internacional. De 2010 a 2012, a residência escolhida foi a Gasworks, em Londres, Reino Unido. Renata Lucas, Tatiana Blass e Marcius Galan, vencedores do PIPA em 2010, 11 e 12, respectivamente, foram os artistas vencedores do PIPA a participar do programa da londrino.

A partir de 2013 fechamos uma nova parceria com a Residency Unlimited, em Nova York, EUA. Cadu, vencedor do PIPA 2013 foi o primeiro artista enviado pelo Prêmio para a RU, e Alice Miceli, vencedora da edição de 2014, também participou do programa em Nova York. Em 2016, será a vez da vencedora do PIPA 2015, Virginia de Medeiros participar do programa. A estadia de De Medeiros poderá ser acompanhada em uma série de três vídeos especiais produzidos com exclusividade para o PIPA, que serão lançados ao longo de 2016 nos sites do Prêmio.

A RU está localizada na igreja South Congregational em Carroll Gardens, Brooklyn, Nova York. O espaço flexível e multifuncional é utilizado para várias atividades, como palestras, projeções, performances e exposições. É também onde os artistas residentes se reúnem entre si e com a equipe da RU, fazerem pesquisas e produzem trabalhos. Todas as atividades relacionadas aos residentes – que incluem visitas semanais aos estúdios, almoços mensais, e suporte técnico – são realizadas na igreja.

A Residency Unlimited apoia a criação, apresentação e divulgação da arte contemporânea por meio de seus exclusivos programas de residência artística, durante todo o ano. Realiza parcerias estratégicas com instituições colaboradoras para oferecer residências personalizadas desenvolvidas para atender às necessidades individuais de artistas e curadores participantes. Os residentes se beneficiam da diversificada rede de parceiros da RU, o que permite a flexibilidade, personalização e acesso a uma ampla gama de serviços e recursos, incluindo mas não limitado a estúdio/ espaços de trabalho.


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA