Marta Mestre

Vive e trabalha entre Brasil e Portugal.
Membro do Comitê de Indicação PIPA 2015, 2017 e 2018.

Marta Mestre (Beja, Portugal, 1980) é curadora, pesquisadora e crítica de arte. Trabalha há mais de dez anos em curadoria, edição, crítica, docência, entre outros, em Portugal e no Brasil. Licenciada em História da Arte pela Universidade de Lisboa e com mestrado em Cultura e Comunicação/Museologia pela Université d’Avignon (França), foi curadora do Instituto Inhotim, Minas Gerais (2016-2017), curadora-assistente do Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro (2010-2015), curadora-convidada e professora da Escola de Artes Visuais Parque Lage, Rio de Janeiro, 2016. Regularmente escreve ensaios para instituições e museus e participa de júris de premiação em artes visuais.

Em Portugal é colaboradora da editora “Imago”, do portal “Buala” e foi curadora do Centro de Artes de Sines (2005-2008). Tem realizado, individual ou coletivamente, vários projectos, maioritariamente em instituições públicas, e com ênfase na pesquisa de “contra-narrativas” e arquivos de artistas. Entre outras recebeu as premiações: “Laboratório Curatorial/SPArte, São Paulo 2012” e “Travel Grant Awards/ CIMAM 2014”.

Algumas exposições recentes (seleção):
“Potência e Adversidade: arte da “América Latina” nas coleções em Portugal, [Galerias Municipais, Pavilhão Branco e Preto, Lisboa, 2017]; Corte-contaminação-contacto: Ricardo Basbaum, [Galeria Jaqueline Martins, São Paulo, 2017]; Song for my Hands, [Bienal Internacional de Curitiba, Curitiba, 2017]; “Agora somos mais de mil” [Escola de Artes Visuais Parque Lage, 2016]; “Tunga: ciclo de instaurações” [Instituto Inhotim, 2016]; “Por aqui tudo é novo…” [Instituto Inhotim, 2016]; “Daniel Steegmann/ Philippe Van Snick” [MAM-Rio e Casa Modernista, São Paulo, 2015]; “Vijai Patchineelam: Resistir o passado, ignorar o futuro e a incapacidade de conter o presente” [MAM-Rio, 2016]. 



Posts relacionados


Videos relacionados


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA