João Castilho

Belo Horizonte, MG, 1978.
Vive e trabalha em Belo Horizonte, MG.

Representado pelas galerias Zipper (SP) e Celma Albuquerque (MG).

Indicado ao PIPA 2015.

João Castilho trabalha com fotografia, vídeo, escultura e instalação. Seus trabalhos tem inspiração na literatura, na arte, na cultura popular, na atualidade e em sua própria história oscilando entre a memória pessoal e coletiva. João explora temas existenciais e políticos da vida e da morte, do bem e do mal, da inocência e da culpa, da pulsão e do medo.

Realizou exposições individuais no Museu de Arte da Pampulha (MG), na Fundação Joaquim Nabuco (PE), no Palácio das Artes (BH), na Zipper Galeria (SP), na 1500 Gallery (NY), na Celma Albuquerque Galeria de Arte (BH).

Participa regularmente de coletivas no Brasil e no exterior como “Cães Sem Plumas” (MAMAM, 2014; Galeria Nara Roesler (2013), Bienal Internacional de Curitiba (Museu Oscar Niemeyer, 2013), 1ª Foto Bienal Masp (Museu de Arte de São Paulo, 2013), “Elóge du Vertige” (Maison “Européenne de la Photographie”, Paris, 2012); “Mythologies” (Shiseido Gallery, Tóquio, 2012), “Encubrimientos”, Photoespaña, Madri (2010), entre outras.

Site: www.joaocastilho.net



Posts relacionados


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA