Joana Cesar

Rio de Janeiro, RJ, 1974.
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ.

Representada pela galeria Athena Contemporânea.

Indicada ao PIPA 2015.

Joana Cesar nasceu no Rio de Janeiro, RJ, onde vive e trabalha. Cursou filosofia, jornalismo e cinema, fazendo, paralelamente, diversos cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro, RJ. O desenvolvimento de seu trabalho em ateliê a leva, em 2003, para as ruas da cidade, onde passa a usar muros, calçadas, postes e viadutos como suporte para sua escrita em código, inventada na infância.

Em 2011, no Rio de Janeiro, RJ, participa da exposições coletivas “Atemporal”, no Espaço Atemporal; e “Conexão”, na galeria Jaime Portas Vilaseca. Ainda em 2011 é publicada uma extensa reportagem, na Revista Piauí, contando a história e desdobramentos da escrita em código de Joana.

Em 2012, é selecionada para o Programa de Aprofundamento da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Participa da mostra “Gramáticaurbana”, com curadoria de Vanda Klabin, no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, e realiza a exposição “Fugalenta”, sua primeira individual, na galeria Athena Contemporânea, ambas no Rio de Janeiro, RJ. É convidada para participar da II Bienal Mundial da Criatividade, no Rio de Janeiro, RJ, e faz grande intervenção nos braços de sustentação da Avenida Perimetral. Ainda esse ano, Joana é convidada a dar depoimento sobre seu trabalho para o site do Prêmio IP Capital Partens de Arte.

“A Vida após o Código” – vídeo da série de especiais do PIPA gravado em 2012 pela Matrioska Filmes



Posts relacionados


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA