Claudia Saldanha

Membro do Comitê de Indicação do Prêmio PIPA 2017

Graduada em Artes pela PUC, Rio de Janeiro; Mestra em Artes Visuais pelo Pratt Institute, Nova York.

Desde 1998 é Professora Assistente de História da Arte da UERJ.

Desde 2014 é Diretora do Paço Imperial, no Rio.

De outubro de 2008 a agosto de 2014 foi Diretora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio.

Em 2008 foi Coordenadora da Superintendência de Artes da Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro, órgão responsável pela coordenação e programação de escolas de artes, museus, centros de arte e teatros do Estado do Rio.

De 2003 a 2005 dirigiu a Divisão de Teoria e Pesquisa do Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC).

De 1993 a 2005 dirigiu a Divisão de Artes Visuais do Instituto Municipal de Arte e Cultura – RioArte. Neste período foi curadora das Galerias Sergio Porto e da Série Rioarte Vídeo / Arte Contemporânea.

Foi curadora das exposições Paulo Roberto Leal – Espaços Articulados, no Paço Imperial, no Rio, em abril de 2015; Paulo Werneck – Muralista Brasileiro no Paço Imperial, em setembro de 2008, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, em maio de 2011, na Caixa Cultural de Brasília, em setembro de 2011, no Museu de Arte Moderna de Recife, em julho de 2014 e no Museu de Arte da Pampulha, em Belo Horizonte, em novembro de 2014; Da Matéria Nasce a FormaPaulo Roberto Leal no MAC de Niterói, em maio de 2007; Abrigo Poético – Diálogos com Lygia Clark, no MAC de Niterói, em setembro de 2006; Márcia X.,na Galeria Weisser Elephant, em Berlim, em junho de 2006; Márcia X. Revista, no Paço Imperial, de novembro de 2005 a janeiro de 2006; Insertae Sedis, de José Rufino, no MAC de Niterói, em outubro de 2005; e de projetos como Atelier FINEP, no Paço Imperial, 1ª Mostra Rio Arte Contemporânea no MAM do Rio, Caminhos para o Contemporâneo, e Os 90, no Paço Imperial, e O Artista Pesquisador, no MAC de Niterói.


Copyright © Instituto PIPA