Ricardo Càstro

São Roque, SP, 1972.
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ.

Indicado ao Prêmio PIPA 2017.

Ricardo Càstro pesquisa as qualidades, tanto formais quanto místicas, de elementos cromáticos para realizar intervenções que supõem a transformação dos espaços arquitetônico, urbano e social. Em geral são trabalhos híbridos, abertos à participação do público. Suas ações artísticas foram reunidas pelo termo abra- vana, neologismo que ressoa como uma chave vocal dotada de vibração, intensificando a relação corpo/obra para realçar uma dimensão que corresponde à um nível infinito de percepções.

Site: www.abravana.com

Vídeo produzido pela Do Rio Filmes, exclusivamente para o Prêmio PIPA 2017:


O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA