Marcelo Cidade

São Paulo, SP, 1979.
Vive e trabalha em São Paulo, SP.

Representado pela Galeria Vermelho (SP).

Indicado ao PIPA em 2010 e 2011.

Segundo o professor Miguel Chaia, Marcelo Cidade “é um artista que cria ou altera o ambiente ao seu redor, produzindo um outro lugar poeticamente expressivo. Por meio de diferentes operações estéticas reinventa formas de linguagem construindo, assim, novos e surpreendentes espaços, fazendo aflorar heterotopias – possíveis, principalmente, enquanto experiência que une arte e vida. Esta relação arte-vida potencializa o artista a mover-se num fluxo pendular contínuo entre o âmbito social e subjetivo, gerando trabalhos que devem ser compreendidos neste movimento de ir e vir do espaço público ao espaço interno.”

Das exposições individuais, destacam-se: “Normas, padrões e sistemas”, Galeria Motte et Rouart (Paris, França, 2009), “Espaço-entre”, La Casa Encendida (Madri, Espanha, 2008), “Demonstrador de segurança”, CCSP (São Paulo, SP, 2008) e “A ordem dos tratores não altera o viaduto”, Galeria Vermelho (São Paulo, SP, 2008). E das coletivas: “Jogos de guerra”, Memorial da América Latina (São Paulo, SP, 2010), “2 de Copas”, Vera Cortes Agência de Arte (Lisboa, Portugal, 2010), “Panamericana”, Galeria Kurimanzuto (Cidade do México, México, 2010) e “Para ser construído”, MUSAC (Leon, Espanha, 2010).

Vídeo feito pela Matrioska Filmes com exclusividade para o PIPA 2011.



Posts relacionados


Videos relacionados


Copyright © Instituto PIPA