Gê Orthof

(ultima atualização em fevereiro/2018)

Petrópolis, RJ, 1959.
Vive e trabalha em Brasília, DF.

Indicado ao PIPA 2010.
Membro do Comitê de Indicação do PIPA 2011 e 2018.

Artista e professor do Departamento de Artes Visuais do Instituto de Artes da Universidade de Brasília. Trabalha com instalação, performance, vídeo e desenho. Entre as exposições individuais mais recentes destacam-se: “Pasaquoyanism: The first card” , The John Michael Kohler Arts Center, com curadoria de  Jonathan Frederick Walz e Karen Petterson  (Sheboygan, Wisconsin, EUA, 2017),  “Many-splendoured thing”, The Portico Library , curadoria Raphael Fonseca (Manchester, Reino Unido, 2016), “Confabulo ] [ matulo me mato”, Alfinete Galeria (Brasília, DF, 2016),  “Nov[elos] + Nov[ilhas] = Cowladyboy, curadoria Marilia Panitz, Amarelegronegro Arte Contemporânea (Rio de Janeiro,  2015), “HA-gaz-AH”, curadoria Marilia Panitz, Referência Galeria de Arte, (Brasília, DF, 2014), “] noturno [ + [ soturno ]”, curadoria Marilia Panitz, Galeria Alfinete ( Brasília, DF, 2014), “A pregnant cosmonaut forgets to send a crucial message [Nordic Drawings]”, Ava Galleria (Helsinque, Finlândia,2013), “Ambos Mundos”, (artista convidado), curadoria Ciça Fittipaldi , Galeria da FAV/UFG  (Goiânia, GO, 2013). Em agosto de 2018, apresentará “máquinas mínimas” na Galeria Luciana Caravello, Rio de Janeiro, RJ.

Recebeu bolsas e prêmios de instituições como Penn State University, em Pensylvannia, Estados Unidos, Escola de Comunicações e Artes da USP, Columbia University, em Nova York, Estados Unidos, Associação de Críticos de Arte de São Paulo, Centro Cultural de Curitiba e Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil do Rio de Janeiro.

Video feito pela Matrioska Filmes com exclusividade para o PIPA 2011.



Posts relacionados


Videos relacionados


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA