Cinara Barbosa

Vive e trabalha em Brasília, DF.
Membro do Comitê de Indicação PIPA 2019.

Cinara Barbosa é curadora e pesquisadora. Professora Adjunta do Departamento de Artes Visuais (VIS) da Universidade de Brasília (UnB). Membro do Conselho da Galeria Espaço Piloto da UnB. Orientadora curatorial de projeto envolvendo acervo da Casa da Cultura da América Latina.  Idealizadora e coordenadora do BSB Plano das Artes, projeto que envolve espaços independentes e ateliês de Brasília para para formação de público e consolidação de circuito de arte na cidade. É diretora artística do Elefante Centro Cultural (DF), espaço autônomo de artes visuais. Dedica-se também ao acompanhamento crítico de artistas. É professora convidada do curso de especialização Design Estratégico no tema Gestão de Equipes Criativas e Interdisciplinares da Universidade Federal de Goiânia que aborda, entre outras questões, arte e mercado. Interessa-se curatorialmente por pesquisas artísticas com enfoque nas relações de influência e contaminação entre produção artística contemporânea e História da Arte Brasileira.

Entre as curadorias realizadas estão: Intempéries Permanentes, de Matias Mesquita, galeria Referência (2019); Verter, de Adriana Vignoli, galeria Referência, Brasília (2018); Uma Tipologia de Nós: cinco formas de contar horas alongadas, de Cecilia Mori, Elefante Centro Cultural, Brasília (2018); Labirinto, de Christus Nóbrega, Canberra Contemporary Art Space/Austrália (2019), Palácio das Artes, BH/MG (2017) e Referência Galeria de Arte, Brasília (2017); Plano Imaginado, de Adriana Vignoli, galeria Zipper, São Paulo (2017)  e a coordenação curatorial da exposição Relatos Subvertidos na Casa de Cultura da América Latina (2018), Brasília.

Entre os textos críticos publicados: “Claudio Tozzi – a partir da reprodução de um ponto”, Catálogo Caixa Cultural de São Paulo (2018); “O que persiste como falta”, texto crítico sobre a obra de Antônio Obá, finalista do Prêmio PIPA, 2017; “Da trama ao festejo do Regresso”, catálogo: NÓBREGA, Christus. Labirinto. Belo Horizonte: Fundação Clóvis Salgado, 2018; texto crítico da exposição Brinquedos de Papel, de Christus Nóbrega, publicado na revista Caju.

Foi ganhadora do Prêmio Bolsa Funarte de Estímulo à Produção Crítica em Artes Visuais 2010, com o projeto O Pensamento do curador. E recebeu o Prêmio Petrobrás Cultural 2008/2009 para realização do Festival Internacional de Arte e Mídia (FAM), como membro do coletivo CibOrg. De 2003 a 2005, foi Coordenadora Adjunta do FotoRio – Festival Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro, do qual foi idealizadora, junto com Milton Guran. Em 2002 e 2004, foi coordenadora no Brasil do Foro de Portfolios dos Encuentros Abiertos – Festival de la Luz, Festival Internacional de Fotografia da Argentina. Também foi diretora da galeria Câmara Clara, Rio de Janeiro (1999-2001).


Posts relacionados


 


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA