Agrippina R. Manhattan

(ultima atualização em agosto/2019)

São Gonçalo, RJ, 1997.
Vive e trabalha em Rio de Janeiro, RJ.

Indicada ao PIPA 2019. 

Agrippina R. Manhattan é artista, pesquisadora e travesti. Nasceu e cresceu em São Gonçalo, hoje vive e corre atrás de trabalho no Rio de Janeiro. Seu trabalho é parte de uma profunda preocupação sobre tudo aquilo que restringe a liberdade. A palavra, a norma, a hierarquia, o pensamento. Diz que sente que não é obrigada a nada e isso a realiza. Escolheu seu nome e inventou a si mesma, como escolhe um título para um trabalho ou encontrando a tradução do que sente em poesia. Pensando escultura como poesia, poesia como escultura e tudo como um só e parte dela.

“Por tudo aquilo que é possível imaginar mas ainda é impossível de nomear.

Um amor impossível.”

Vídeo produzido pela Do Rio Filmes com exclusividade para o PIPA 2019:


Posts relacionados



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA