Vânia Mignone dialoga com Marcelo Salum em “Ecos”

(Campinas, São Paulo)

Em parceria com o Museu de Artes Visuais (MAV) da Unicamp, o Museu de Arte Contemporânea de Campinas abriu no dia 10 de abril, “Ecos”, de Vânia Mignone.  Com entrada gratuita, visitas serão possíveis até o dia 2 de junho, com monitoria de alunos do Instituto de Artes (IA) da Unicamp. A mostra é só uma da dupla de exposições que o museu apresentou no mês.

Sylvia Furegatti, diretora do MAV e responsável pela exibição ao lado de Iara Schiavinatto, diz que há uma reflexão sobre os corpos no trabalho de Vânia, e do outro expositor, Marcelo Salum. “A Vânia, como uma pintora, trabalha o texto e a imagem, num código mais gráfico”, apontou. 

A artista também vê diálogos entre as obras dos artistas “A exposição inteira,  a minha e a dele,  tudo que está acontecendo aqui,  é absurdamente importante pela relação que esse trabalho tem com a cidade de Campinas.  Não é um trabalho que foi feito em outra cidade e está sendo simplesmente exposto aqui. No meu caso,  além de eu ter nascido e me formado em Campinas, meu atelier é aqui. Todo meu trabalho nasce aqui em Campinas”, afirmou.

Vânia teve uma passagem importante na Unicamp, ela é graduada em Artes Visuais pela universidade. Ela trabalha numa sofisticada variação de dimensões que partem do tamanho médio da folha do caderno de desenho até a grandes telas combinadas na forma de pinturas murais. Este modo de enfrentar a dimensão tem estreita ligação com seu interesse por imagens cujas narrativas apresentam pessoas, objetos, paisagens, informações grafo visuais que estabelecem certo tipo de narrativa fílmica ou onírica a habitarem o mundo conhecido. 

“Ecos”, individual de Vânia Mignone
Em cartaz de 11 de abril a 02 de junho, 2019
SALA 1

Museu de Arte Contemporânea de Campinas
Av. Benjamin Constant, 1633 – Centro – Campinas/SP
Horário: terça – sábado das 10 às 18h, quinta das 10 às 21h



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA