Uma profecia da cor por Maria Lynch

(São Paulo, SP)

É assim que o curador, Marc Pottier descreve a mostra da artista carioca Maria Lynch. Ela trabalha com cores puras, jogando sobre as justaposições de áreas coloridas cores quentes e frias, criando um contraste que resulta em composições marcantes. A artista leva o espectador para o ritmo de ressonâncias que querem modificar seus estados psíquicos.

A exposição contém 20 obras de Lynch feitas de 2018 e 2019 – pintura acrílica sobre tela -, de estética colorida, rica em contraste e de composições marcantes, elementos usuais na produção da artista. Em “Talismã”, o visitante se torna protagonista de uma realidade enquadrada. Questionada sobre sua principal inspiração para esta individual, Maria Lynch comenta: “São várias áreas de interesse e convergência. A pintura por si, por exemplo, o ato de pintar, o ato de criar um mundo imaginário, onde eu coloco uma elaboração simbólica desses signos que nos afetam. Ou seja, são afetos em forma de pintura. São pluralidades que me transformam, são máquinas-desejantes [em referência a Deleuze e Guattari], atualidades das possíveis corporeidades”.

“Talismã”, individual de Maria Lynch
Curadoria de Marc Pottier
Em cartaz 30 de março a 18 de maio, 2019

Baró Galeria
Rua da Consolação, 3417 | São Paulo, Brasil
Horário:Terça a sexta-feira, das 10h às 19h. Sábado, das 11h às 19h
Tel.: +55 11 3666-6489



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA