Miguel Bakun, "Pessegueiro Florido", 77,9 x 64,1 cm. Óleo sobre tela Imagem divulgação

Recorte da produção de Miguel Bakun reúne artistas contemporâneos

(São Paulo, SP)

O Brasil constantemente se retrata e é retratado através do ecossistema majoritariamente tropical, quente e litorâneo. No entanto, outros contextos formam o país. Pensando nisso, os curadores Paulo Miyada e Luise Malmaceda desenvolveram a coletiva “Aprendendo com Miguel Bakun: Subtropical”, uma mostra que explora o trabalho do artista plástico Miguel Bakun, um dos principais artistas modernos do Paraná dedicado à pintura de retratos, naturezas-mortas, marinhas, e, sobretudo, à pintura de paisagem.

A coletiva, um recorte da produção de Bakun, se divide em três grandes núcleos: um primeiro que contempla a especificidade da paisagem do Sul, sobretudo do Paraná, formado por obras de Alfredo Andersen (1869 – 1935), Bruno Lechowski (1887– 1941), Caio Reisewitz e Marcelo Moscheta, vencedor do PIPA Voto Popuplar 2010, um segundo dedicado a circunscrever Bakun no interior do modernismo brasileiro, ao lado de Alberto da Veiga Guignard (1896 – 1962), Alfredo Volpi (1896 – 1988), Iberê Camargo (1914 – 1994) e José Pancetti (1902 – 1998); e um terceiro núcleo de artistas contemporâneos que, assim como Bakun, têm na paisagem fonte de inesgotável pesquisa, como Marina Camargo, Lucas Arruda e Fernando Lindote.

Até 30 de junho, no Instituto Tomie Ohtake, a coletiva que propõe representar a paisagem subtropical brasileira e imergir na “estética do frio”.

“Aprendendo com Miguel Bakun: Subtropical”, coletiva com Marcelo Moscheta, Marina Camargo, Caio Reisewitz, Lucas Arruda e Fernando Lindote
Curadoria de Paulo Myiada e Luise Malmaceda
Em cartaz de 24 de abril a 30 de junho

Instituto Tomie Ohtake
Av. Brigadeiro Faria Lima, 201, Pinheiros, São Paulo
Horário de funcionamento: Terça a domingo das 11h às 20h



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA