Artistas interpretam a paisagem como metáfora na coletiva “Paisagens, horizontes e trocas”

(São Paulo, SP)

O Escritório de Arte Rosa Barbosa (Ateliê Zaragoza) apresenta a coletiva “Paisagens, horizontes e trocas”. A mostra reúne trabalhos de oito artistas: Guy Veloso, Renan Cepeda, José Zaragoza, Leonora Weissman, No Martins, Osvaldo Gaia, Rafael Zagali, Renan Cepeda e Tatewaki Nio. A exposição ocorre no antigo ateliê de Zaragoza, pintor e designer falecido em 2017.

As obras dividem-se entre fotografias, esculturas, pinturas, objetos e vídeo, conjunto que tangencia as figuras e temáticas enunciadas pelo título que dá nome à exposição. O curador, Theo Monteiro, descreve a mostra como “nomes de distintas poéticas e suportes, mas que nem por isso deixam de possuir afinidades ou olhares complementares”. A paisagem surge no espaço expositivo como uma composição metafórica criada pelos artistas e que, muitas vezes, parecem reunir cenas várias em uma só tela – ou em um único agrupamento.

A paisagem como resultado de uma construção humana surge nas fotografias de Renan Cepeda, que integra a mostra com trabalhos da série Vão de Almas. O artista faz fotos na total escuridão, iluminando partes da cena com o auxílio de uma lanterna, revelando apenas elementos e figuras que lhes interessa. Por outro lado, Guy Veloso aborda as trocas e mediações que ocorrem em manifestações religiosas populares. Mesmo “sendo de caráter documental, suas obras são dotados de uma aura espiritual, a relação que ele estabelece com seus fotografados, parece colocá-lo como alguém que compartilha da mesma fé – intimidade que é partilhada com seus espectadores, inclusive.”

“Paisagens, horizontes e trocas”, coletiva com  Guy Veloso e Renan Cepeda,
Curadoria de Theo Monteiro
Em cartaz 30 de março a 30 de abril, 2019

Atelier Zaragoza
Rua Amauri, 76, São Paulo, SP
Horário: segunda a sexta, 11h às 18h; sábado, 11h às 14h
Entrada Gratuita



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA