Thiago Martins de Melo apresenta sua primeira individual no Rio de Janeiro

(Rio de Janeiro, RJ)

O artista maranhense, Thiago Martins de Melo, apresenta sua primeira individual no Rio de Janeiro: “Rasga Mortalha”. A exposição é composta por trabalhos de pintura e escultura além de seu novo filme em animação, o curta-metragem que da nome à mostra. 

Partindo da lenda da coruja “Suindara” – muito contada no folclore do Norte e Nordeste – o curta é feito com mais de mil desenhos em stopmotion e aborda as urgências sociopolíticas do país. A história é a seguinte: crê-se que o aparecimento de seu vulto branco, seguido de um grito selvagem, lembrando o som de um pano sendo rasgado ao meio-, traz consigo o signo da morte. É um veto metafórico para pensar e transcender uma visão fatalista da história do Brasil. 

As referências nas obras do artista partem de sua pesquisa em múltiplas fontes. Na poesia de Gonçalves Dias ao festo de Tuíra Kayapó, do messianismo de Glauber Rocha ao conceito de necropolítica cunhada por Achilles Mbembe, da mitologia Tupinambá à atual luta do povo Gamela no Maranhão, entre outras das mais variadas inspirações. 

“Rasga Mortalha”, individual de Thiago Martins de Melo
Curadoria de Germano Dushá
Em cartaz 28 março a 15 de julho, 2019.

Galeria Cavalo
Rua Sorocaba, 51, Botafogo — Rio de Janeiro, RJ — Brasil
Horário: terça a sexta-feira, das 12h às 20h. Sábados, das 13h às 17h
Tel.: +55 21 2267-7654



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA