avaf participa da coletiva “Burle Marx: Arte, Paisagem e Botânica”

(São Paulo, SP)

Conhecido pelos seus projetos paisagísticos no Brasil e no mundo, Burle Marx deixou marcas inconfundíveis na paisagem urbana por onde passou. É dele, por exemplo, o projeto paisagístico do Parque Ibirapuera, em São Paulo, e dos jardins do MAM-Rio. Foi também ele quem redesenhou o calçadão de uma das praias mais frequentas do Rio de Janeiro – Copacabana, fazendo com que o desenho das ondas de pedra ficassem no mesmo sentido das ondas do mar. Mas, além de paisagista, Burle Marx atuou também como arquiteto, botânico, ecologista e artista plástico.

A exposição coletiva “Burle Marx: Arte, Paisagem e Botânica”, em cartaz até 17 de março no MuBe, reúne trabalhos diversos de Burle Marx, que evidenciam seu caráter polivalente. Os trabalhos variam de pinturas, esculturas, tapeçarias, obras de design e até mesmo registros de espécies botânicas e de expedições científicas que ele realizou ao longo da vida. A mostra, curadora por Cauê Alves, é dividida em três núcleos, já enunciados no título: arte, paisagem e botânica, e traz também trabalhos de outros artistas que se relacionam com a obra do paisagista, como os tapetes giratórios de avaf, finalista do PIPA 2018.

Burle Marx: Arte, Paisagem e Botânica, mostra coletiva
Curadoria de Cauê Alves
Em cartaz de 15 de dezembro a 17 de março de 2019

Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBe)
Rua Alemanha 221, Jardim Europa, São Paulo, SP, Brasil, 01448 010
Horário de funcionamento: seg – sex, das 12h às 19h; sab, das 10h às 15h
Telefone: +55 (11) 2594-2601
mube@mube.art.br


Posts relacionados




O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA