Jaime Lauriano, "Brinquedo de furar moletom", 2018

“Brinquedo de furar moletom”, nova individual de Jaime Lauriano, no MAC Niterói

(Niterói, Brasil)

O Museu de Arte Contemporânea de Niterói inaugura a exposição “Brinquedo de Furar Moletom”, nova individual de Jaime Lauriano. A mostra, curada por Pablo León de La Barra e Raphael Fonseca, ocupará os espaços internos e a varanda do museu modernista. 

Jaime escolhe como matéria-prima o ferro de balas armamentícias utilizadas pela Polícia Militar do Rio de Janeiro para desenvolver as pequenas esculturas baseadas nos carros usados pela polícia carioca. O trabalho foi pensado para criar, também, uma relação com o espaço do museu, gerando uma tensão entre obra e espaço: uma espécie de barricada de observação à beira da Baía da Guanabara, feita de tijolos portugueses.


“Brinquedo de furar moletom” dá continuidade à pesquisa do artista sobre os resquícios do Brasil colonial e suas consequências históricas, como a violência e o racismo.


“Brinquedo de Furar Moletom”, individual de Jaime Lauriano
Curadoria por Pablo León de La Barra e Raphael Fonseca
Em cartaz de 11 de agosto a 25 de novembro de 2018


Museu de Arte Contemporânea de Niterói
Mirante da Boa Vista, sem n°
Funcionamento: ter – dom, 10h às 18h
T:+55 (21) 2620-2481 e 2722-1543
mac@macniteroi.com.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA