Laura Lima A Gentil Carioca

Coletiva investiga as fronteiras entre a loucura e a arte

(São Paulo, SP)

Depois de uma bem-sucedida temporada no Museu de Arte do Rio (MAR) no ano passado, a coletiva “Lugares do Delírio” chega ao SESC Pompeia na próxima quinta-feira, 10 de abril. Idealizada pelo ex-diretor do MAR, Paulo Herkenhoff, e curada pela acadêmica e psicanalista Tania Rivera, a coletiva mescla trabalhos realizados no circuito artístico tradicional com aqueles produzidos em instituições psiquiátricas. Por trás da mistura está a ideia de que o delírio não só não é exclusivo do sofrimento psíquico, como talvez seja condição sine qua non à produção da arte.

São cerca de 150 obras na exposição, de autoria de artistas consagrados, como Leonilson, José Bechara e Lygia Clark; de artistas contemporâneos, como os finalista do Prêmio PIPA Carla Guagliardi e Gustavo Speridião e Laura Lima; e de pacientes de instituições como a Casa Verde e o Grupo Arte e Cuidado, entre outros. Afinal, como escreve Rivera no texto curatorial, se “os lugares do delírio são muitos e variados”, a arte talvez “seja o campo no qual o delírio mais se põe em jogo – e nunca se esgota”.

Na abertura, Arlindo Oliveira e Anna Maria Maiolino apresentam performances especiais no Espaço de Convivência da instituição. A partir das 20h, Oliveira – que participa do Ateliê Gaia do Museu Bispo do Rosário – relembra a trajetória do icônico Arthur Bispo do Rosário a partir das suas próprias vivências manicomiais. Já Ana Maria discute vida, morte, e as diferentes etapas da vida em uma performance que envolve a relação entre duas personagens, uma jovem (intepretada por Sandra Lassa) e uma anciã (a própria artista).

“Lugares do Delírio”, coletiva com Ana Linnemann, Anamaria Fernandes e Michel Charron, Anna Maria Maiolino, Arlindo Oliveira, Arthur Bispo do Rosário, Ateliê Gaia – Museu Bispo do Rosário, Bernardo Damasceno, Carla Guagliardi e Stela do Patrocínio, Carlos Bevilacqua, Casa Verde e André Abu-Merhy, Cia. Teatral Ueinzz e Pedro França, Cildo Meireles, Cláudio Paiva, Clóvis, Dias & Riedweg, Dora Garcia, Dudu Mafra, Fernand Deligny, Fernando Diniz, Fernando Lima, Geraldo Lúcio Aragão, Gina Ferreira, Gustavo Speridião, Grupo Arte e Cuidado, Jessica Gogan e Daniel Leão, João Jordão da Silva, José Bechara, Laura Lima, Leonilson, Livia Flores, Luis Guides, Luiz Carlos Marques, Lula Wanderley, Lygia Clark, Marc Pataut, Marcelo Masagão e Andrea Menezes, Mathilde Monnier, Maurício Flandeiro, Miriam Chnaiderman, Natália Leite, Raphael Domingues e Ricardo Alves Júnior
Curadoria de Tania Rivera
Em cartaz de 11 de abril a 01 de julho de 2018
Abertura: Terça-feira, 10 de abril, às 20h

SESC Pompeia
Rua Clélia, 93 – Pompeia
Funcionamento: ter – sáb, 9h às 22h; dom & feriados, 9h às 20h
T: (11) 3871-7700
faleconosco@pompeia.sescsp.org.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA