Regina Parra, "As pérolas, como te escrevi", 2011

“Por uma geografia da proximidade” discute imigração, exclusão e pertencimento social

(Florianópolis, SC)

Marcando as comemorações de 70 anos do Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), “Por uma geografia da proximidade”, individual de Regina Parra, começa nesta quarta-feira, 07 de fevereiro. A mostra, curada por Josué Mattos, reúne dois vídeos da artista que refletem sobre as tentativas de encontro e proximidade com estrangeiros que escolheram o Brasil como casa.

Em “7.536 Passos (por uma geografia da proximidade)”, a artista caminha do marco zero da cidade de São Paulo em direção a uma comunidade de bolivianos, situada em bairro vizinho. O numeral que intitula o vídeo faz referência aos passos percorridos até o encontro dos imigrantes, que vivem, em sua maioria, em condições de precariedade social e exploração trabalhista. Regina discute essa dimensão política da exclusão de imigrantes e a noção de pertencimento cultural.

No segundo vídeo, “As pérolas, como te escrevi”, a artista também reflete sobre a condição do imigrante como um deslocado, como parte de uma comunidade que se forma à margem. Filmado em um amplo terreno árido e vazio, o vídeo convida imigrantes de países como Argentina, Bolívia, Colômbia, Congo, Guiné e Peru – residentes em situação irregular no Brasil – a ler um texto para a câmera. O texto em questão é um trecho de “Mundus novus”, carta escrita pelo italiano Américo Vespúcio anunciando a descoberta do ‘novo continente’. Aproximando sotaques variados, rostos, hábitos, culturas diferentes, o vídeo aborda a exploração histórica dos ditos países de “terceiro mundo” e como esse passado ainda hoje afeta as estruturas sócio-econômicas desses países, provocando uma fragilidade que se expressa no movimento de imigração em busca de melhores condições de vida.  

“Por uma geografia da proximidade”, individual de Regina Parra
Curadoria de Josué Mattos
Em cartaz de 07 de fevereiro até 13 de abril de 2018

MASC
Avenida Governdor Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica
Funcionamento: dom – ter, 10h às 21h
T: (48) 3664-2630
masc@fcc.sc.gov.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA