Éder Oliveira participa do evento “Verão Arte Contemporânea”

(Belo Horizonte, MG)

O finalista do Prêmio PIPA 2017 Éder Oliveira pintou na parede do MAM-Rio para a Exposição dos Finalistas de 2017 um enorme rosto anônimo em vermelho, que representa uma parcela social de marginalizados, e que ganha, ali, um novo protagonismo. O trabalho, que lhe rendeu o Prêmio PIPA Voto Popular 2017, é um desdobramento de sua longa pesquisa em torno da identidade do homem amazônico e discute as relações possíveis entre imagem, identidade, poder, cor, mídia e marginalização.

Éder leva agora sua pintura para outra parede, dessa vez no Sesc Palladium, como parte do programa do evento “Verão Arte Contemporânea” (VAC 2018). O evento reúne uma série de atividades em campos diversos, como música, gastronomia, artes visuais, moda, teatro etc. O VAC  ocupa este ano 8 espaços culturais da cidade com 30 atrações artísticas variadas.

Para o “Projeto Parede”, no Sesc Palladium, Éder terá 5 dias para fazer a pintura, começando amanhã, 09 de janeiro, e o processo pode ser visto pelos visitantes. Depois de pronta, a obra fica exposta por dois meses.

“Projeto Parede”, com Éder Oliveira
Em cartaz de 09 de janeiro até 04 de março de 2018

Sesc Palladium
Rua Tupinambas, 956 – Centro
Funcionamento: seg – sex, 7h30 às 19h30; sáb, 8h às 14h
T: (31) 3270-8100



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA