Enrique Ramirez, Frame de Cruzar um muro, 2013

Com curadoria do filósofo Georges Didi-Huberman, exposição coletiva reflete sobre os levantes sociais

(Pinheiros, SP)

A finalista do Prêmio PIPA 2016 Clara Ianni faz parte de uma mostra itinerante que começou na França, já passou por Barcelona e Buenos Aires e agora se instala no Sesc Pinheiros, em São Paulo. “Levantes” começa amanhã, 18 de outubro, e leva a curadoria do filósofo e historiador da arte francês Georges Didi-Huberman. Para a exposição em São Paulo, Huberman propôs ainda a inserção de obras que estejam diretamente relacionadas ao contexto do país, de forma a inserir discursos locais fundamentais para a reflexão sobre as mobilizações sociais.  

Através de instalações, pinturas, fotografias, documentos, vídeos e filmes, a exposição investiga as diferentes formas de representação dos levantes, dos atos populares, políticos, engajados nas transformações sociais. Sob a perspectiva das emoções coletiva, a mostra apresenta as múltiplas maneiras de transformar quietude em movimento, submissão em revolta, renúncia em alegria expansiva.

O curador Georges Didi-Huberman estará hoje, 17 de outubro, no Sesc Pinheiros para a palestra “Imagens e Sons como forma de luta”, que será  transmitida ao vivo a partir das 20h. Na conferência, o curador irá abordar o pensamento filosófico sobre sair do lugar-comum, sobre as dimensões estéticas das forças individuais e coletivas que são invocadas nos levantes. “Não há levantes sem sons (músicas, hinos) e sem imagens. Eles são inventados e brandidos a qualquer custo, apesar das dificuldades a enfrentar”, comenta o filósofo.

“Levantes”, exposição coletiva
Curadoria de Georges Didi-Huberman
Em cartaz de 18 de outubro de 2017 até 28 de janeiro de 2018

Sesc Pinheiros 
Rua Pais Leme, 195 – Pinheiros
Funcionamento: ter – sex, 10h às 22h
T: (11) 3095-9400



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA