Obras dos quatro finalistas do Prêmio PIPA 2017, Antonio Obá, Bárbara Wagner, Éder Oliveira e Carla Guagliardi

Exposição dos Finalistas do Prêmio PIPA 2017 em cartaz no MAM-Rio

(Rio de Janeiro, RJ)

Começou no sábado 23 de setembro a Exposição dos Finalistas do Prêmio PIPA 2017, com obras dos finalistas da oitava edição do Prêmio PIPA Antonio Obá, Bárbara Wagner, Carla Guagliardi e Éder Oliveira.

Com práticas e vivências distintas – cada um deles vem de uma região diferente do país – , os quatro têm em comum, nas palavras do curador do Instituto PIPA Luiz Camillo Osorio, “a intensidade poética e o compromisso com uma verdade expressiva a ser conquistada sem concessões”.

Intensidade talvez seja mesmo a palavra-chave quando se trata deste grupo de artistas. Refletindo sobre o universo religioso no Brasil, Antonio Obá ​(Ceilândia, DF, 1983) questiona em seus trabalhos a ideia de um dito “sincretismo”, trazendo à tona situações históricas ligadas ao preconceito étnico.

Still da performance de Antonio Obá “Malugo – Rito para uma missa preta”

Também Bárbara Wagner (Brasília, DF, 1980) discute questões próprias da realidade brasileira, centrando sua prática fotográfica no ‘corpo popular’ e em suas estratégias de subversão e visibilidade entre os campos da cultura pop e da tradição.

Fotografia da série “Crentes e Pregadores”, de Bárbara Wagner

Já a poética de Carla Guagliardi (Rio de Janeiro, RJ, 1956) é marcada por uma delicadeza bruta. Trabalhando quase sempre com esculturas e instalações, a carioca radicada na Alemanha está sempre em busca das intersecções entre imobilidade e mobilidade, peso e leveza.

“Às Parcas e ao Edi”, instalação de Carla Guagliardi

Por fim, Éder Oliveira ​(Timboteua, PA, 1983) mistura antropologia e pintura em suas pesquisas, investigando desde 2004 o homem amazônico a partir dos temas do retrato e da identidade. Pintor por ofício, ele é conhecido por seus retratos monumentais de personagens estigmatizados pela dinâmica social.

Uma das pinturas monumentais de Éder de Oliveira no Arte Pará

Escolhidos pelo Conselho do Prêmio entre os 56 artistas nomeados pelo Comitê de Indicação este ano, os quatro finalistas concorrem ao prêmio principal do PIPA que, no valor de R$130 mil, é escolhido pelo Júri de Premiação 2017. Eles concorrem ainda ao PIPA Voto Popular Exposição, categoria que premia com R$24 mil o artista preferido dos visitantes da mostra no MAM-Rio. Para participar da votação, basta depositar seu voto em uma urna localizada na mostra até o dia 05 de novembro.

Conheça as obras e os artistas antes da abertura da exposição dos Finalistas da oitava edição do Prêmio PIPA através de suas páginas de artistas, disponíveis aqui nos nossos sites, e pelas entrevistas exclusivas que eles concederam ao Prêmio, publicadas no YouTube do PIPA.

MAM-Rio, sábado, 23 de setembro, às 15h. Até lá!

“Exposição dos Finalistas do Prêmio PIPA 2017”, coletiva com Antonio ObáBárbara WagnerCarla Guagliardi e Éder Oliveira
Em cartaz de 23 de setembro até 26 de novembro de 2017

MAM-Rio
Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo
Funcionamento: ter – sex, 12h às 18h; sáb, dom & feriados, 11h às 18h
T: (21) 3883-5600
atendimento@mamrio.org.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA