Lucas Arruda, Sem título da série Deserto-Modelo, 2016

Lucas Arruda apresenta pinturas recentes em individual em Londres

(Londres, Inglaterra)

Na sua primeira exposição individual em Londres, na galeria David Zwirner, Lucas Arruda, indicado ao Prêmio PIPA 2012, apresenta pinturas recentes de dimensões intimistas que parecem ao mesmo tempo imagens familiares e inventadas. A mostra começa amanhã, 02 de setembro, e exibe paisagens atmosféricas pintadas da memória, sem nenhuma referência visual específica, formando cenários oníricos.

As paisagens de Arruda se caracterizam pela sutil interpretação da luz, ao mesmo tempo difusa e expressiva.  As pinceladas frequentemente evocativas e texturizadas revelam a materialidade e fisicalidade da tinta, ao mesmo tempo que recordam as associações históricas com o gênero do ‘sublime romântico’. Beirando a abstração, suas composições têm como referência de estrutura e perspectiva uma linha do horizonte, muitas vezes fraca, quase apagada no meio das outras pinceladas, mas sempre presente, criando uma percepção de distância.  

Exposição individual de Lucas Arruda 
Em cartaz de 02 de setembro até 23 de setembro de 2017

David Zwirner Gallery (Londres)
24 Grafton Street
Funcionamento: ter – sáb, 10h  às 18h
T: +44 203 538 3165
london@davidzwirner.com


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA