“Projeto para uma Suíça” e “Projeto para um Japão”, da série “Projeto para o novo mundo”, 2012

“Sinalítica” traz o olhar de 23 artistas sobre as relações entre arte, cultura e vida

(Curitiba, PR)

A arte está sempre se (re)posicionando diante do mundo. A relação arte-vida, seja de proximidade ou de afastamento, é uma das questões discutidas em “Sinalítica”, exposição coletiva que começa amanhã, 25 de agosto, no Museu de Arte da UFPR (MusA). Numa investigação sobre o território de fronteira – onde também se cruzam- arte e cultura, a mostra reúne os trabalhos de 23 artistas, entre eles Julio Leite, indicado ao Prêmio PIPA 2011, e Mauro Espíndola, indicado em 2010, além de Waltercio Caldas, membro do Júri de Indicação do PIPA 2012. 

Sob a curadoria de Adolfo Montejo Navas, “Sinalítica” traduz certo desamparo sistêmico, histórico, ao mesmo tempo que faz uso dessa intempérie da relação vida-mundo, existência-arte, como sua potência. A abertura da exposição é antecedida por uma conversa aberta ao público com o curador sobre o processo de curadoria da mostra.

“Sinalítica”, coletiva com Alexandre Dacosta, Alexandre Marchetti, Carlos Clémen, Celina Almeida Neves, Chang Chi Chai, Cildo Meireles, Eliane Prolik, Eduardo Scala, Inês Raphaelian, Julio Leite, Julio Plaza, Marcos Chaves, Mauro Espíndola, Newton Goto, Patricio Farias, Paulo Bruscky, Regina Chulam, Regina Silveira, Ronald Polito, Victor Arruda, Vera Chaves Barcellos, Waltercio Caldas e Wlademir Dias Pino
Curadoria de Adolfo Montejo Navas

Conversa com o curador: Sexta-feira, 25 de agosto, às 17h15
Abertura: Sexta-feira, 25 de agosto, às 18h
Em cartaz de 28 de agosto até 22 de setembro de 2017

Museu de Arte da UFPR (MusA)
Rua XV de Novembro, 695 – Centro
Funcionamento: seg – sex, 9h às 18h
T: (41) 3310-2603



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA