“Topografias Intermitentes” discute transformações ambientais a partir da arte

(São Paulo, SP)

Fronteiras, interrupções dos fluxos naturais, linhas que demarcam o espaço, volumes e texturas artificiais imponentes. De que forma o gesto e o objeto artístico redesenha, ressignifica, reduz a paisagem natural? A pergunta guia a curadora Thais Gouvea em “Topografias Intermitentes”, exposição que, reunindo obras de nove artistas argentinos e brasileiros – entre eles, o ganhador do Prêmio PIPA Voto Popular 2010 Marcelo Moscheta – abre amanhã, 13 de maio, na Casa Nova Arte e Cultura Contemporânea.

A mostra chega a São Paulo depois de uma temporada em Buenos Aires, onde foi originalmente concebida: “Topografias intermitentes” é fruto de uma residência curatorial que Thais Gouvea realizou na capital portenha como parte do Prêmio C. Lab Mercosul, em 2016, com o qual foi agraciada. Daí a tentativa de entrelaçar obras argentinas e brasileiras em suas maneiras de pensar, artisticamente, ecologia e política. Assim, dando prioridade aos aspectos universais dos temas, a proposta é abrir caminho para que o conjunto traga uma compreensão poética acerca das transformações ambientais decorrentes de nosso atual modo de conceber a realidade.

“Poderia a arte desempenhar um papel atuante na reversão dessas crises?”, questiona Thais no texto curatorial da exposição. A resposta é não: de acordo com a curadora, a ideia não é pensar a arte como geradora de soluções para os danos ambientais, transformando passividade em ativismo e reintegrando a ação artística aos fluxos naturais. Ela poderia, no entanto, oferecer novas perspectivas, pontos de vida – e, dessa forma, “transformar nosso modo de pensar e produzir conhecimento”.

Confira algumas das obras exibidas em “Topografias Intermitentes”, que abre amanhã:

“Topografias Intermitentes”, coletiva com Beto Shwafaty, Carolina Zancolli, Mariana Sissia, Marcelo Moscheta, Renata de Bonis, Renata Padovan, Santiago Porter, Sol Pochat e Samuel Lasso
Curadoria de Thais Gouveia
Em cartaz de 13 de maio a 08 de julho de 2017
Abertura: Sábado, 13 de maio, de 16h às 21h

Casa Nova Arte e Cultura Contemporânea
Rua Chabad, 61 – Jardim Paulista
T: (11) 2305-2427
contato@casanovaarte.com



O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA