Nino Cais dá novos sentidos a objetos cotidianos em “Ópera do Vento”

(São Paulo, SP)

Nino Cais é um artista multidisciplinar: trabalha com vídeo, fotografia, colagem, desenho, escultura e instalação. Quase todas essas facetas do artista, indicado ao Prêmio PIPA em 2013, podem ser conferidas na individual “Ópera do Vento”, em cartaz na Casa Triângulo desde o começo do mês. Abordando, entre outros temas, o caráter imaterial das obras de arte, a mostra conta com cerca de 30 desenhos, 35 intervenções feitas em páginas de livros, cinco objetos, um vídeo e uma instalação.

Cais usa como ponto de partida o mundo à sua volta, fazendo com que objetos corriqueiros, como fotografias, livros ou roupas, ganhem novos sentidos através de suas intervenções e justaposições inusitadas. É o caso, por exemplo, da obra que dá nome à exposição, “Ópera do Vento”. Nela, 85 suportes para partitura apresentam imagens de conchas — objetos que, como se sabe, parecem guardar em seu interior o barulho do mar.

“As intervenções sobre as imagens criam uma espécie de lente de aumento no próprio significado”, analisa o artista, “não apenas propondo um novo significado mas também magnificando o sentido original da imagem”. É, assim, ao mesmo tempo reiterando antigos sentidos e criando novas noções que Cais, tal qual um maestro, rege a sua “Ópera do Vento”.

Veja algumas das obras apresentadas na individual:

“Ópera do Vento”, individual de Nino Cais
Em cartaz de 04 de abril a 13 de maio de 2017

Casa Triângulo
Rua Estados Unidos, 1324 – Jardins
Funcionamento: seg – sáb, 10h às 19h
T: (11) 3167-562
info@casatriangulo.com



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA