“Metrópole” aborda a “experiência paulistana” na Pina Estação

(São Paulo, SP)

Comemoravam-se os 460 anos de São Paulo e um telejornal decidiu fazer uma enquete com seus moradores: de todos os cartões-postais da cidade, qual seria o seu maior símbolo? Desbancando ícones como o Museu de Arte de São Paulo (Masp) e a Catedral da Sé, quem venceu foi a Avenida Paulista, lugar em que conviveriam “todas as raças, todos os credos, todas as religiões, tudo”, nas palavras de um dos entrevistados pelo telejornal.

A diversidade dessa “experiência paulistana” é tema de “Metrópole”, que estreia na Pina Estação neste sábado, 08 de abril. Curada por Tadeu Chiarelli – que despede-se da direção da Pinacoteca no mês que vem –, a mostra reúne obras de 33 artistas paulistanos que vivem ou viveram na cidade, entre eles os já indicados ao Prêmio PIPA Dora Longo Bahia, Rafael Carneiro, Lia Chaia, Jaime Lauriano, Marcelo Moscheta, Moisés Patrício, Daniel de Paula, Fernando Piola e Gustavo Von Ha, e ocupa completamente o edifício da Pina Estação, das fachadas ao hall de entrada, do auditório aos elevadores.

“São Paulo é a síntese de todas as cidades do continente exalando em seus obstinados e desmesurados contrastes a sensação de se viver no eterno anseio por uma realidade menos amarga e mais solidária”, reflete Chiarelli, que destaca o fato de que os paulistas preferiram escolher como símbolo não um monumento ou  um marco histórico e arquitetônico, mas uma via de acesso. “Viver em São Paulo é estar em constante deslocamento, é quase permanentemente experimentar a cidade em relances fugidios, vislumbrando a ordem no caos, o caos no caos.”

“Metrópole: Experiência Paulistana”, coletiva com Sidney Amaral, Dora Longo Bahia, Victor Brecheret, Peter de Brito, Rafael Carneiro, Leda Catunda, Flávio Cerqueira, Lia Chaia, Raphael Escobar, Renata Felinto, Luiz Gê, Carmela Gross, Evandro Carlos Jardim, Jaime Lauriano, Marcelo Moscheta, Zed Nesti, Nazareth Pacheco, Moisés Patrício, Daniel de Paula, Fernando Piola, Florian Raiss, Gustavo Von Ha, Chico Zelesnikar
Curadoria de Tadeu Chiarelli
Em cartaz de 08 de abril a 18 de setembro de 2017
Abertura: Sábado, 08 de abril, às 11h

Pina Estação
Largo General Osório, 66
Horário de funcionamento: qua – seg, 10h às 17h30
T: (11) 3335-4990
pinacoteca.org.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA